Agora é oficial: Roberto Rocha terá que sair do PSB, caso queira disputar o Governo

Membros da executiva estadual do PSB reuniram-se ontem para tratar sobre as diretrizes que o partido adotará visando as eleições do ano que vem.

Dois cenários ficaram definidos: o primeiro é que o partido dará total apoio ao projeto do ex-governador e deputado federal, José Reinaldo Tavares, de disputar uma das duas vagas que serão oferecidas ao Senado – reveja.

O segundo enterrou de vez as esperanças do senador Roberto Rocha.

Os socialistas fecharam questão em torno do apoio à reeleição do governador Flávio Dino (PC do B).

Rocha, a partir de agora, trabalha com a certeza de que, no PSB, sigla pela qual foi eleito senador em 2014, não terá nenhum tipo de espaço no seu intento de concorrer ao governo do estado.

Caso queira realmente disputar o pleito em 2018, terá que abrigar-se em outra legenda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.