Cleber Verde não vira ministro, mas tem Secretaria turbinada por Michel Temer

Ao contrário do que foi especulado recentemente, o deputado federal e presidente do diretório regional do PRB, Cléber Verde, não tornou-se ministro.

Mas Verde teve as funções da Secretaria de Aquicultura e Pesca, órgão comandado por ele através do advogado Davidson Franklin, turbinadas pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Por meio de decreto publicado ontem (veja aqui), Temer tirou a Secretaria do Ministério da Agricultura e a transferiu para a estrutura do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, comandado pelo presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, também aliado de primeira hora do parlamentar maranhense.

A mudança, segundo o deputado, visa dar um caráter mais industrial para o setor da pesca e aquicultura, incentivando investimentos do empresariado nacional e internacional e buscando novos recursos, via BNDES, para compra de equipamentos, embarcações e tecnologia em geral.

Davidson Franklin continuará à frente da Secretaria. Também por indicação de Verde, ele já foi presidente do Incra no Maranhão e secretário estadual de Agricultura, na gestão Roseana Sarney.

Cleber Verde também mantém sob seu domínio a Superintendência Federal da Pesca no estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.