Sobre Gláucio Ericeira

É formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão. Atuou como repórter no Jornal Pequeno e como repórter e editor no Jornal O Imparcial. Foi assessor de imprensa das prefeituras de Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Integrou a equipe de profissionais da Secretaria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão. Foi assessor de imprensa da presidência do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Exerce, atualmente, o cargo de assessor de imprensa da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão.

Dino crava 0,8% de intenções de voto para presidente da República, aponta pesquisa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto, tanto em primeiro quanto em segundo turno, em todos os cenários pesquisados caso as eleições fossem hoje, aponta pesquisa divulgada nesta quarta-feira (28) pelo banco Modalmais e instituto de pesquisa Futura Inteligência.

No cenário de pesquisa estimulada que reuniu o maior número de presidenciáveis, 13 no total, Lula tem a menor vantagem sobre o atual presidente Jair Bolsonaro: 33,8% do petista contra 25,2% do atual chefe do Executivo. Na sequência aparecem Ciro Gomes (PDT) com 6,6% das intenções de voto e o ex-ministro Sérgio Moro com 6,3%.

Tecnicamente empatados em último lugar estão o ex-ministro Luiz Mandetta (DEM) com 3,4%, o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) com 3,0%, o ativista Guilherme Boulos (PSOL) com 3,0%, João Doria (PSDB) com 2,3%, Eduardo Leite (PSDB) com 1,4%, Simone Tebet (MDB) com 0,8%, Flávio Dino (PSB) com 0,8%, Tasso Jereissati (PSDB), com 0,6% e Rodrigo Pacheco (DEM) com 0,6%. Brancos são 7,9% e indecisos 4,5%.

A pesquisa também mensurou outros cenários com menos candidatos, quatro ao todo, o que levaria à concentração de votos. Nestes, a vantagem de Lula cresce de 8,6 pontos percentuais para entre 12,1 p.p. e 12,7 p.p. Já na pesquisa espontânea, Lula tem 30,1% das intenções de voto e Bolsonaro 24,0%. Neste cenário, indecisos são 25,4% e brancos, 9,8%.

O levantamento ouviu 2.006 eleitores ouvidos entre 23 e 26 de julho. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%.

Continue lendo…

Fernando Pessoa e Jefferson Portela dialogam sobre melhorias para Tuntum

O prefeito Fernando Pessoa participou na tarde de ontem (28) de uma reunião com o secretário de Segurança Publica do Estado Jefferson Portela, onde ficou acertado que a Escola Militar em no município irá ter inicio no começo do ano letivo de 2022.

Foi garantido ainda uma viatura para a 5ª Companhia de PM em Tuntum.
Fernando Pessoa e Jefferson Portela acertaram um convênio entre prefeitura e secretaria de Segurança do Estado, para iniciar o videomonitoramento na cidade.

Estavam acompanhando o prefeito de Tuntum os prefeitos de Trizidela do Vale, Deibson Balé é o de Dom Pedro, Galego Mota.

Indicações de Othelino viabilizam pavimentação em novas ruas de municípios da Baixada

Frutos de Indicações do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), foram iniciadas, nesta quarta-feira (27), as obras de pavimentação em novas ruas dos municípios de Turilândia e Pedro do Rosário, realizadas pelo programa ‘Mais Asfalto’.

As obras reforçam as ações voltadas à melhoria da infraestrutura urbana de municípios da Baixada Maranhense, onde o parlamentar tem forte atuação política.

Para Othelino, programas como o ‘Mais Asfalto’ têm mudado a realidade dos municípios maranhenses, atraindo mais investimentos e proporcionando melhor trafegabilidade a veículos e pedestres.

“Infraestrutura urbana é fundamental para promover o desenvolvimento local, a melhoria dos indicadores sociais e, consequentemente, a qualidade de vida da população. Fico muito feliz que os turilandenses e pedrorrosarienses possam usufruir, agora, desse importante benefício”, disse Othelino, ressaltando, ainda, que são serviços há décadas esperados pela população.

Em Pedro do Rosário, onde esteve acompanhado do prefeito Toca Serra, do vice Fábio Mendes e dos deputados federais Marreca Filho e Pedro Lucas, o chefe do Legislativo Estadual acompanhou o início da pavimentação asfáltica de aproximadamente três quilômetros de ruas no bairro Q’Luz.

Ainda em Pedro do Rosário, Othelino Neto também participou da assinatura da ordem de serviço para a construção da estrada do povoado Mucuripe, importante via de escoamento da produção local.

O prefeito de Pedro do Rosário, Toca Serra, disse que o apoio de Othelino tem sido fundamental para a realização das obras no município. “Todos os compromissos firmados pelo deputado Othelino para favorecer a nossa cidade estão sendo concretizados”, frisou o gestor.

Em entrevista ao Ponto Continuando, Júlio Mendonça confirma pré-candidatura a deputado estadual

O presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Júlio Mendonça, foi o entrevistado, na noite desta última quarta-feira (28), do programa Ponto Continuando, da Rádio Educadora AM 560, apresentado pelos jornalistas Clodoaldo Corrêa e Glaucio Ericeira.

Na oportunidade, além de fazer um balanço positivo do trabalho que promoveu desenvolvimento no sistema estadual da agricultura familiar nos últimos sete anos, Mendonça confirmou sua pré-candidatura a deputado estadual.

Filiado ao PC do B, ex-partido do governador Flávio Dino (PSB), Júlio Mendonça, apesar de confirmar o projeto político, afirmou que, neste momento, está com as atenções voltadas exclusivamente para o trabalho executado na Agerp e, desta forma, continuar contribuindo para que o setor agrícola continue crescendo; gerando emprego e renda, principalmente para as famílias que mais precisam.

Questionado sobre a possibilidade de extinção do PC do B, que não atingiu a cláusula de barreiras, ele explicou que aguardará a definição acerca das regras eleitorais para decidir se troca, ou não, de endereço partidário.

“O governador Flávio Dino é o líder do nosso grupo político e, claro, sempre irei ouvi-lo. Sou um homem do campo da esquerda e, há mais de 30 anos, milito no setor da agricultura. Minha defesa é e sempre será em favor dos menos favorecidos; do fortalecimento do setor da agricultura familiar; da geração de mais emprego e renda”, afirmou.

Esta é a segunda vez que Júlio Mendonça comanda a Agência na gestão de Dino. Ele também já exerceu o cargo de secretário de Estado da Agricultura Familiar e ajudou o governador a estruturar a pasta; organizar o sistema da agricultura familiar no Maranhão; e executar programas e projetos que fizeram com que este sistema se consolidasse.

Mendonça destacou programas que estão dando certo – como o Maranhão Verde – Eixo Indígena – e também citou outras ações importantes desenvolvidas pela Agência, como oferecimento de assistência técnica para agricultores; emissão da Declaração de Aptidão do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar; intermediação para obtenção do crédito rural; atuação direta junto ao Plano Mais IDH; promoção de pesquisas para melhoramento do trabalho no campo; dentre outros.

O presidente da Agerp criticou o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que, segundo ele, acabou com as políticas públicas direcionadas aos setores da agricultura familiar e segurança alimentar.

Mendonça também destacou as parcerias proveitosas que a Agência vem conseguindo firmar com as Prefeituras e que estão contribuindo para fortalecer o sistema em todo o Estado.

Braide promove mudanças no seu secretariado

Flávio Olímpio deixou o comando da SEMAD.

Com sete meses de gestão, o prefeito Eduardo Braide (Podemos) anunciou nesta noite, através das suas redes sociais, mudanças no primeiro escalão do seu governo.

Flávio Olímpio Neves Silva deixou a Secretaria Municipal de Administração (SEMAD).

Ele é contador; advogado; mestre em Controladoria e Administração; servidor
público estadual; além de ser professor universitário.

Em seu lugar assumiu Diego Rodrigues, que comandava a Secretaria Municipal de Informação e Tecnologia.

Para a SEMID, o prefeito nomeou Felipe Falcão.

“Agradeço ao Flávio Olímpio pelo trabalho à frente da SEMAD”, afirmou Braide.

Câmara aprova orçamento de R$ 3,4 bilhões para o Município de São Luís

A Câmara Municipal de São Luís aprovou em votação final, nesta quarta-feira (28), o Projeto de Lei nº 105/2021, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que apresenta as metas e prioridades da administração pública municipal, além de dispor sobre os riscos fiscais.

O texto segue para sanção do prefeito Eduardo Braide (Podemos).

Das 23 emendas apresentadas à Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio Municipal (COFPPAM) no prazo regimental – e mais duas de redação acrescentadas posteriormente – totalizando 25 sugestões, 12 foram aprovadas, 4 retiradas e 7 rejeitadas.

A receita estimada bruta para o próximo exercício é de R$ 3,4 bilhões e refere-se a investimentos previstos, o que corresponde a soma da receita corrente. Foi realizada uma audiência pública pela Casa de Leis em que representantes das pastas do Executivo Municipal puderam realizar a apresentação das propostas para o próximo ano.

“O parlamento discutiu exaustivamente sobre o projeto de LDO, cumprindo nosso papel. Algumas emendas foram rejeitadas, o que é normal, pois faz parte do parlamento, e prevaleceu a vontade da maioria. Sabemos da importância da LDO tem, pois ela serve com arcabouço para elaboração do orçamento. Vale ressaltar que a Câmara não teve recesso para cumprir seu dever com a sociedade, por isso preferimos abrir mão do recesso para continuamos produzindo”, destacou o presidente do Legislativo Municipal, vereador Osmar Filho (PDT).

Já o presidente da Comissão de Orçamento, o vereador Antônio Marcos Silva – o Marquinhos (DEM), destacou a necessidade de recursos para intensificar ações sociais na capital maranhense.

“Saímos com o dever cumprido. Nós pretendemos garantir campanhas de utilidade pública para intensificar ações, principalmente nos bairros periféricos, onde são mais carentes de políticas públicas, e prover assistência à população, como pilares de uma política mais próxima do cidadão”, apontou.

Após a aprovação na Casa de Leis, a LDO volta para o Executivo, em que as proposituras aprovadas serão elencadas e planejadas na Lei Orçamentária Anual (LOA), que vai disponibilizar as ações e valores a serem executados.

Prefeitura de São Luís abre seletivo com 500 vagas para atuação na rede de combate à Covid

A Prefeitura de São Luís abriu inscrições para processo seletivo oferecendo 500 vagas para atuação de profissionais na chamada na rede de atendimento à Covid-19.

As inscrições estarão sendo realizadas nesta quinta-feira (29) e sexta-feira (30) no www.saoluis.ma.gov.br/semus, portal onde também pode ser conferido o edital do certame.

Os cargos oferecidos são: assistente social, agente de portaria, assistente administrativo, auxiliar operacional de serviços diversos, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, psicólogo, técnico em enfermagem, atendimento de call center, bombeiro civil, profissional de TI, engenheiro, agente de regulação, auxiliar de farmácia, copeiro, fonoaudiólogo, nutricionista, maqueiro, técnico em laboratório, terapeuta ocupacional, auxiliar de manutenção.

A contratação, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, será imediata e também servirá para montagem de cadastro de reserva.

Os profissionais, de níveis médio, técnico e superior, irão atuar nos Centros de Atendimento as Síndromes Gripais; Centros de Vacinação; e Hospitais de Referência da Covid.

Lula reúne-se com ministro da Saúde e relata decisões conjuntas

O secretário de Estado de Saúde e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula, divulgou um comunicado tripartite sobre a campanha de vacinação.

Segundo ele, todos os gestores da saúde precisam seguir os critérios de vacinação contra a Covid-19 estabelecidos coletivamente no Plano Nacional de Imunização.

“Precisamos continuar a aplicação das primeiras doses nos brasileiros de 18 a 59 anos para depois avançarmos para o próximo público. A desordem é ruína! Somente com unidade entre Estados, Municípios e União avançaremos e venceremos a pandemia. Ninguém ficará para trás”, disse o secretário Carlos Lula.

Leia nota completa:

O Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), gestores do Sistema Único de Saúde, comunicam o que se segue:

1.Estados e municípios devem seguir, rigorosamente, as definições do Programa Nacional de Imunizações (PNI) quanto aos intervalos entre as doses e demais recomendações técnicas, sob pena de responsabilidade futura. O sucesso da vacinação depende da atuação sinérgica, harmônica e solidária entre os níveis federal, estadual e municipal, além da colaboração imprescindível da sociedade civil e dos meios de comunicação;

2.A operacionalização da vacinação contra Covid19 obedecerá, a partir de agora, uma vez já cumprida a distribuição de ao menos 1 dose para os grupos prioritários, a ordem por faixa etária decrescente. Após a conclusão do envio de doses para a população adulta, serão incluídos os adolescentes de 12 a 17 anos, com prioridade para aqueles com comorbidades;

3.Haverá uma compensação gradual dos quantitativos de vacinas enviados de modo complementar (estados que receberam doses do fundo estratégico; estados com vacinação em municípios de fronteiras; atendimento a ações judiciais etc.) e estados com maior contingente populacional de grupos prioritários já vacinados, de modo que todos os estados deverão finalizar o processo de imunização sem que haja benefícios ou prejuízos a suas respectivas populações;

4.Após a distribuição da primeira dose para toda a população adulta (com 18 anos ou mais), será analisada a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose, baseada, sempre, nas melhores evidências científicas, trazidas nas discussões da Câmara Técnica Assessora de Imunizações.

Promulgada Lei de Raimundo Penha determinando que escolas de São Luís utilizem profissionais licenciados da Educação Física

Lei foi promulgada nesta manhã pelo presidente da Câmara, Osmar Filho.

Em cerimônia realizada na manhã desta quarta-feira (28), na sala de reuniões da Câmara Municipal de São Luís, o presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT), promulgou Lei Municipal, de autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), determinando que estabelecimentos de ensino das redes pública e privada da capital utilizem, a partir de agora, profissionais da Educação Física licenciados em nível superior, e com registro no Conselho Estadual da categoria, para ministrar aulas.

A iniciativa era uma reivindicação antiga dos profissionais deste setor, que dialogaram com Raimundo Penha, que já foi secretário municipal de Esporte e Lazer, e tiveram atendido o pleito que corrigiu um erro que vinha ocorrendo principalmente na Educação Infantil, quando profissionais de outras disciplinas acabavam sendo deslocados para desempenhar tais funções.

A Lei também adequa a Legislação Municipal ao que já foi regulamentado a nível Federal.

“Trata-se de uma grande conquista para a educação de São Luís que, a partir de agora, têm o seu direito totalmente garantido. Agradecemos ao vereador Raimundo Penha pela sensibilidade e parceria”, afirmou o presidente do Sindicato dos Profissionais da Educação Física do Maranhão, Rodrigo Goulart.

Osmar Filho e outros vereadores que participaram da cerimônia também destacaram a atuação de Penha.

“É um grande avanço para categoria da Educação Física. O vereador Penha mostrou, mais uma vez, compromisso com estes profissionais ao propor tão importante Lei”, comentou o presidente da CMSL.

Penha com vereadores e representantes do setor da Educação Física.

Avaliação semelhante fez a integrante do Conselho Federal de Educação Física, Denise Ferreira.

De acordo com ela, um erro que era patrocinado com frequência, a partir de agora, não será mais cometido pela administração pública e iniciativa privada.

Penha agradeceu as manifestações de apoio e disse que a nova Lei é um mecanismo para garantir o direito dos profissionais da Educação Física, contribuindo também para que o ensino especializado seja conduzido da melhor forma possível nas unidades de ensino.

Vale destacar que, somente no primeiro semestre deste ano, outras importantes Leis de autoria do vereador pedetista foram sancionadas/ou promulgadas.

Fufuca “cai pra cima” e vai assumir comando nacional do PP

O deputado federal maranhense André Fufuca vai assumir a presidência nacional do Partido Progressistas, legenda que ele já comanda no Maranhão.

A informação foi divulgada nesta quarta-feira (28) em matéria da Carta Capital, que tratou sobre os reflexos da ida do senador Ciro Nogueira, do Piauí, para a Casa Civil do Governo Jair Bolsonaro (sem partido).

Nogueira, de acordo com a reportagem, irá se licenciar do cargo de presidente nacional da sigla.

A ascensão de Fufuquinha ao cargo máximo do PP, de forma interina, foi confirmada pelo líder do Governo na Câmara, Ricardo Barros (Progressistas – PR).

Tão logo o nome de Ciro Nogueira foi sondado para a Casa Civil, ainda na semana passada, especulações de bastidores davam conta de Bolsonaro, ao buscar uma aproximação com o PP e o Centrão, poderia filiar-se ao próprio Progressistas para disputar a reeleição ano que vem.

De carona, apareceu a possibilidade do senador maranhense Roberto Rocha, aliado do capitão reformado do Exército e que também está sem partido, ingressar nos quadros do PP e tomar para si a presidência da legenda no Maranhão.

Tal informação, inclusive, foi alimentada durante dias pelo próprio senador e aliados seus.

Com a confirmação do nome de André Fufuca no comando da nacional, o sonho de RR foi enterrado, mostrando, ainda, o prestígio que o deputado federal detém perante os caciques do PP.

Vale destacar que o Progressistas já declarou apoio a pré-candidatura do senador Weverton Rocha ao Palácio dos Leões.