Bolsonaro destaca operação que afastou do cargo prefeito aliado de Dino e Brandão

O presidente Jair Bolsonaro (PL) destacou nas suas redes sociais, nesta quarta-feira, operação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União que investiga um esquema criminoso no município de Santa Inês, no Maranhão, e que resultou no afastamento do empresário Felipe dos Pneus (Republicanos) do cargo de prefeito.

O gestor, afastado das funções por determinação da Justiça Federal, é acusado de liderar esquema criminoso, através de fraudes licitatórias e superfaturamentos contratuais no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde, que desviou dos cofres públicos, segundo inquérito da Polícia Federal, R$ 8,5 milhões por meio de transações contratuais com uma empresa sediada em Teresina, no Piauí.

O capitão reformado do Exército compartilhou nas redes uma espécie de balanço do trabalho da PF e CGU – veja a imagem abaixo.

Ainda de acordo com o inquérito, constatou-se que o Município de Santa Inês realizava adesões fraudulentas a Ata de Registro de Preços de outros municípios sem que houvesse o requisito de “vantagem” para a administração pública, posto que, em um dos casos investigados, havia o sobre preço de 215%.

Apesar do alto valor das contratações realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde, há informações nos autos indicando que, em determinados períodos, estariam faltando materiais básicos no hospital e rede pública municipal, tais como seringas, soro fisiológico, fios cirúrgicos e remédios psicotrópicos, obrigando os cidadãos a procurarem atendimento hospitalar em municípios vizinhos.

A investigação revelou fortes indícios de que grande parte das contratações de Santa Inês eram precedidas de negociações de propina, possivelmente repassada para os integrantes da organização criminosa por meio de empresa fictícia, criada para essa finalidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.