Clayton Noleto entregou milhares de obras a frente da Secretaria de Infraestrutura do Estado

Ao longo dos últimos sete anos, o Governo do Estado fez história. Palco de diversas ações, serviços e investimentos, o Maranhão avançou no desenvolvimento social e econômico. Um dos pilares da gestão foi a melhoria da qualidade de vida da população e por isso, investiu na infraestrutura para levar essa melhoria.

Por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), o Governo entregou obras em todos os setores. Esse amplo investimento alcançou todas as regiões e cidades do Maranhão.

Na mobilidade, novas rotas foram abertas para milhares de maranhenses através da construção de rodovias. Foram 30 rodovias entregues e 09 novas pontes construídas, o que tirou cidades do isolamento e aproximou destinos. Além disso, o Governo esteve de prontidão em todas as regionais trabalhando na manutenção e conservação de rodovia. Foram dois mil quilômetros de malha conservada, o que permitiu o tráfego constante de motoristas, turistas e moradores.

Em mobilidade ainda, com a criação do Programa Mais Asfalto, o Governo auxiliou prefeituras na execução da pavimentação de vias urbanas. Foram três mil quilômetros de asfalto dentro das cidades. De norte a sul, o desenvolvimento chegou aos 217 municípios com a abertura de ruas e avenidas, impactando diretamente os moradores.

“Pra mim foi uma satisfação ver o asfalto na porta de casa, para todos também foi. Ficou muito bom, hoje nós temos um conforto porque antes era ruim demais, na hora que colocávamos o pé para fora, tinha muita lama. Estamos agora numa nova Terra Bela”, disse seu Nicolau Rodrigues morador de Buriticupu.

E não foi só isso. Um dos pólos de atenção do Estado foi a saúde, através da construção e reforma de unidades hospitalares, o Governo do Maranhão criou uma rede de atendimento extensa. Foram 44 obras entregues, entre Hospitais Macrorregionais, Hospitais Regionais, Centros de Hemodiálise, Unidades Básicas, Clínicas e Ambulatórios.

Como esquecer de três obras marcantes que o Estado entregou nesta área? A antiga casa de Veraneio do Governo que foi totalmente reformada e equipada para atender crianças e jovens com doenças neurológicas, a Casa de Apoio Ninar. Hoje mães e filhos de todas as cidades são atendidos por especialistas que trabalham diariamente no melhor tratamento para as crianças.

Na Região Tocantina, atendendo também a região oeste e sul do estado, foi entregue o Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto na cidade de Imperatriz. Em cinco anos de funcionamento o Hospital já atendeu mais de meio milhão de pessoas. Uma nova oferta de saúde para todos.

Inaugurado nesta sexta-feira, 01, o Hospital da Ilha não poderia ficar de fora da lembrança de obras da saúde. Ele é o maior hospital de urgência e emergência do Maranhão, e atende toda a região metropolitana, bem como todo o estado. Mais de mil profissionais de saúde são os responsáveis pelo atendimento nesta cidade médica.

Outros setores também receberam grandes expansões e melhorias, como é o caso da Educação. Mais de 1000 prédios foram construídos, reformados e ampliados, um ganho imediato, mas também do futuro, que possibilitará educação de qualidade para as próximas gerações.

Na educação ainda, o Governo criou o Instituto de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), que são escolas de tempo integral com educação profissionalizante. Foram 34 Unidades Plenas entregues, o que expandiu a oferta de educação profissional em todo o Estado.

Na inauguração do IEMA de Carutapera nesta terça-feira, o Governador Flávio Dino destacou o compromisso do Governo em todos os setores com todos os municípios do Estado. “Nós reafirmamos o lema “o Maranhão de todos nós, o Governo de todos nós”. Não olhamos, ao longo destes anos para o tamanho do município, em vez disso, nos dedicamos muito para aqueles que historicamente foram excluídos e invisibilizados seja social, seja regionalmente. Se em São Luís tem IEMA, tem hospital, tem restaurante popular e praça da família, nos outros municípios também devem haver essas obras”, disse o governador.

No ensino superior também teve investimento, além de realizar reformas na UEMA e entregar um novo campus da universidade em São Bento, o Governo criou a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), que provê mais uma opção de ensino superior público de qualidade a estudantes da região sudoeste do estado.

Outras duas áreas que receberam investimentos foram a civil e a segurança. Ao todo, foram 315 obras civis, que contemplam praças, mercados, pistas de skate, campos de futebol, ginásios e mais. Grandes parques foram construídos como a Reserva do Itapiracó e a Reserva do Rangedor, que são hoje espaços para famílias e amigos desfrutarem.

Na segurança diversos prédios foram reformados. Cerca de 110 unidades de segurança foram entregues nos últimos sete anos através da secretaria de infraestrutura. Entre as obras estão batalhões, delegacias e postos de segurança.

Todo esse investimento foi realizado de forma constante e planejada. O secretário de infraestrutura, Clayton Noleto, destaca isso. “Nós primeiro dividimos o Estado em regiões e mapeamos a necessidade de cada região. Depois, começamos a planejar os investimentos por anos, o que era prioridade foi feito logo e ao longo desse tempo conseguimos criar diversas redes que suprem e atendem todo o Estado”, disse Noleto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.