Verdes agradecem! Brandão confirma migração em massa do PSDB para o PRB

Foto: Silas Serra.

O vice-governador Carlos Brandão confirmou uma migração em massa de filiados do PSDB, legenda que o mesmo comandava no Maranhão, para o Partido Republicano Brasileiro, sigla na qual o ex-tucano irá se filiar em breve.

“São prefeitos e prefeitas; vereadores e vereadoras, por exemplo, que estão engajados no projeto capitaneado pelo governador Flávio Dino que visa dar continuidade as ações de desenvolvimento do Maranhão”, disse o vice-governador ao editor do blog na última sexta-feira, durante inauguração da nova sede da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), em São Luís.

Carlos Brandão anunciou a sua entrada no PRB na semana passada (reveja), um dia após a executiva nacional do PSDB entregar à presidência do partido ao senador Roberto Rocha (reveja).

O vice-governador não informou o quantitativo de tucanos que deixará a sigla em direção ao ninho republicano.

Também preferiu não polemizar e, tão pouco, “entrar em bola dividida” sobre o tema reedição, em 2018, da chapa governamental composta por ele e o governador Flávio Dino (PC do B).

“O grupo está unido. Isso é o mais importante. No momento certo, iremos discutir”.

Verdes felizes – O PRB no Maranhão é presidido pelo deputado federal Cleber Verde, um astuto articulador político que possui o irmão, Júnior Verde, na condição de deputado estadual.

Atualmente, o partido dos irmãos Verdes possui 14 prefeitos eleitos ano passado. Com a chegada de Carlos Brandão, a sigla poderá ganhar em torno de 15 a 20 novos prefeitos, o que a colocará na condição de segunda maior do estado em número de prefeituras – ficando atrás somente do PC do B, que detém 46.

Um exemplo recente da astúcia política dos irmãos ocorreu em 2014. Para eleger Júnior deputado, Cleber filiou no partido Glalbert Cutrim e Ana do Gás – hoje no PDT e PC do B, respectivamente.

E optou por não coligar com nenhuma outra legenda.

Resultado: Cutrim e Ana foram os segundo e terceiro mais votados – respectivamente – somando mais de 164 mil votos, o que acabou beneficiando Júnior Verde, puxado e eleito com pouco mais de 32 mil votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *