Santa Luzia: Ministério Público abre investigação para apurar possíveis fraudes em licitações

Eleita, ano passado, pregando o discurso da renovação e zelo com a coisa pública, a prefeita França do Macaquinho (PP), do município de Santa Luzia, tornou-se alvo de investigação do Ministério Público Estadual, que apura possíveis fraudes em dois processos licitatórios que, juntos, somam a quantia de R$ 2,8 milhões.

A 1ª Promotoria da Comarca de Santa Luzia solicitou, desde o mês passado, que a prefeita encaminhe documentação sobre duas licitações abertas para contratação de empresas para realização de serviços de recuperação de estradas vicinais; e de prestação de trabalho de gerenciamento e manutenção preventiva e corretiva do sistema de iluminação pública.

Ambas, cada uma com valor global de R$ 1,4 milhões, foram vencidas pela empresa P.S.D FORMIGA, que teria ligações com o ex-prefeito Ilzemar Oliveira Dutra, condenado pela Justiça, em 2015, por atos de improbidade administrativa no período que governou a cidade.

Ontem, França do Macaquinho teve, mais uma vez, a sua baixa popularidade comprovada no município.

Professores da rede municipal de ensino realizaram novo protesto cobrando da gestora o pagamento de salários atrasados.

Respingou até no governador Flávio Dino (PC do B), que estava na cidade e acabou recebendo vaias quando passou pelo protesto – reveja.

Com informações do Blog do Maldine Vieira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.