Em Brasília, prefeitos são ignorados por Lobão e João Alberto

Os mais de 90 prefeitos e prefeitas maranhenses que estão em Brasília participando da caravana municipalista coordenada pela FAMEM — que luta pelo aumento dos repasses para o setor da saúde — foram totalmente ignorados pelos senadores João Alberto e Edison Lobão, 2º vice-presidente da Casa e presidente da  Comissão de Constituição e Justiça, respectivamente.

Os peemedebistas não participaram de nenhum encontro dos gestores com a classe política e, sequer, deram as caras na reunião de ontem à tarde realizada no Plenário 14 da Câmara e da qual participaram deputados federais maranhenses e o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM – RJ).

Roberto Rocha (PSB) foi o único senador do Maranhão que conversou com os prefeitos e declarou apoio as suas reivindicações.

Ele esteve com uma comitiva de prefeitos no período da manhã, oportunidade na qual também informou que não poderia participar do encontro no período da tarde.

Alberto e Lobão não deram nenhuma satisfação para justificar suas ausências.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.