Decreto também proíbe música ao vivo em bares e restaurantes e suspende aulas presenciais no Maranhão

O novo decreto que será editado pelo Governo Flávio Dino (PC do B) ainda hoje também proíbe, no período compreendido entre os dias 05 a 14 deste mês, o serviço de música ao vivo em bares e restaurantes do Maranhão.

Estes estabelecimentos localizados na Grande Ilha de São Luís, onde continua alta a taxa de contágio pelo novo coronavírus, segundo o comunista, poderão funcionar no horário das 9h às 21h seguindo os protocolos sanitários já estabelecidos e não oferecendo o referido serviço.

Academias de ginástica localizadas na região metropolitana poderão funcionar normalmente neste horário.

Escolas e universidades – públicas e privadas – terão que suspender as aulas presenciais, estando autorizado somente o ensino remoto nos próximos dez dias.

Municípios que não comprovarem a aplicação de pelo menos 60% das primeiras doses da vacina recebidas do Governo, só receberão novas doses, de um quantitativo de mais de 62 mil adquiridas nesta madrugada, após atualizarem seus dados de aplicação perante o Ministério da Saúde e também junto à Secretaria de Estado da Saúde.

Leia também: 

Dino anuncia suspensão de festas e eventos no MA e novo horário de funcionamento do comércio na Grande Ilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *