Pinheiro: Justiça autoriza prefeitura a contratar professores

Decisão proferida nesta terça-feira pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos validou processo seletivo realizado pela prefeitura de Pinheiro para contratação de professores que irão lecionar na rede municipal de ensino.

A sentença do desembargador tornou sem efeito decisão da juíza Teresa Cristina Nina, da 1ª Vara da Comarca do município, que havia suspendido o certame.

Em seu despacho, José Joaquim afirmou que a manutenção da suspensão do processo seletivo poderia provocar prejuízos a toda rede de educação do município

Segundo ele, a situação “que temos aqui é de verdadeiro risco de paralisação das atividades e educação em Pinheiro, pois suspensas soluções de emergência praticada pelo Executivo […] ter-se-á o não cumprimento das metas fixadas pelo Ministério da Educação, comprometendo o ano letivo de todos os alunos”.

O desembargador garantiu, ainda, que denúncias acerca de possíveis irregularidades na realização do seletivo “estão calçadas em premissas falsas”.

Com a decisão de José Joaquim, a prefeitura pinheirense está autorizada a proceder a contratação dos professores aprovados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.