Câmara promulga lei que proíbe Uber em São Luís

Vereador Astro de Ogum durante reunião com taxistas

Agora é oficial. O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), promulgou nesta quarta-feira projeto de lei, de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes (PP), que proíbe o serviço do aplicativo Uber em São Luís.

A decisão será publicada no Diário Oficial do Município até o fim da semana ou começo da próxima.

Após a publicação, estará oficialmente proibido, por meio de lei, o transporte privado de passageiros na capital via aplicativo.

A promulgação do projeto acontece um dia após taxistas e condutores de carros lotação terem realizado protesto contra o Uber em várias avenidas da cidade.

O projeto de Luciana Mendes foi aprovado ano passado pelo plenário da Casa, tendo sido enviado ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que não o sancionou.

Por conta disso, a proposta retornou para o Parlamento Municipal que, seguindo o que determina o rito constitucional, a promulgou.

Taxistas que mantiveram contato com o editor do blog comemoraram a decisão, classificada por eles como uma “vitória contra a chamada concorrência desleal”.

4 ideias sobre “Câmara promulga lei que proíbe Uber em São Luís

  1. Ta certo somos brasileiros e pagamos imposto absurdos e um aplicativo americano escravisar os brasileiros brasileiros e nao pagar nenhum tustao e nois na nossa terra temos q pagar impostos absurdos isso so vem provar o quanto nossos politico são corruptos

  2. Pingback: “Continuamos operando normalmente em São Luís”, diz aplicativo Uber | Blog do Gláucio Ericeira

  3. Pingback: Assembleia Legislativa rejeita projeto que regulamenta o Uber - Blog do Gláucio Ericeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *