PP veta coligações com o PT; Fufuquinha diz que decisão não interfere no Maranhão

A direção nacional do PP, partido que apoia a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), vetou em todos os Estados coligações da sigla com o PT, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A decisão caiu como uma bomba, ainda na noite de ontem, nos diretórios estaduais, uma vez que muitos deles estão aliados ao petismo.

É o caso do Maranhão, onde a sigla é presidida pelo deputado federal André Fufuca.

Fufuca apoiava o senador Weverton Rocha (PDT) para o Governo.

Deixou o pedetista depois de ser cooptado pelo Palácio dos Leões, de onde recebeu, como contrapartida, a direção do Detran.

Questionado sobre os efeitos da decisão da nacional, Fufuquinha afirmou que a mesma não interfere em nada no Maranhão.

De acordo com o parlamentar, a medida só atinge candidaturas majoritárias que tem o PT como cabeça de chapa.

O atual governador Carlos Brandão era do PSDB e disputar a reeleição filiado ao PSB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.