“Que se torne inelegível”, diz deputado ao denunciar Dino por uso de aeronave do Estado para fazer pré-campanha

O deputado federal e presidente do PSD no Maranhão, Edilázio Júnior, repercutiu esta semana, em Brasília, o ato do ex-governador Flávio Dino (PSB) que, no fim do mês passado, utilizou um helicóptero do Centro Tático Aéreo, da Polícia Militar, para deslocar-se até os municípios de Grajaú e Sítio Novo.

Na ocasião, o comunasocialista, que é pré-candidato ao Senado, participou de atos institucionais do Governo, como entrega de peixes e assinaturas de ordens de serviço, além de dialogar com a classe política, em uma clara agenda de pré-campanha.

Dino e o Palácio dos Leões, até o momento, não deram nenhuma explicação sobre o fato.

De acordo com Edilázio, o ex-governador cometeu ilicitude ao utilizar um bem público, pago pelo contribuinte, para promover-se eleitoralmente.

“Logo ele que, outrora, criticou outros Governos sobre a utilização de aeronave do Estado. O que ele fez foi ato político utilizando um bem público. Passa, dia e noite, nas redes sociais e, até o momento, não arrumou uma justificativa para isso”, comentou o parlamentar.

“O jurista, o professor de Deus, ex-juiz, não dá uma justificativa para esta ilicitude. Me conforta o fato de saber que a Procuradoria Regional Eleitoral já abriu investigação para apurar este abuso. Que se torne inelegível”, finalizou.

A Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão confirmou que instaurou processo de investigação preliminar para apurar o uso da aeronave por parte do ex-governador.

“Informamos que a Procuradoria Regional Eleitoral está investigando preliminarmente os fatos com intuito de verificar as autenticidades das informações para que sejam tomadas as providências necessárias”, disse a PRE em nota.

 

1 pensou em ““Que se torne inelegível”, diz deputado ao denunciar Dino por uso de aeronave do Estado para fazer pré-campanha

  1. Vontade de uns, devaneios de outros… É medo do pleito ??? Não sou eleitor nem de Flávio Dino e tão pouco de Roberto Rocha ou qualquer político maranhense mas entendo que essa forma de fazer política suja, querendo enganar os eleitores com factoides, criando e inventando ESTÓRIAS, é a pior é mais baixa forma de disputar uma eleição. O campo do debate das ideias é o que menos importa, prevalecendo o apontar de dedos aos defeitos dos opositores. Ridículo isso.
    Esses senadores de mesmo sobrenome compartilham o mesmo vírus, a mesma marca. Ambos foram aliados e eleitos debaixo do sovaco de Flávio Dino que demostrou ter o dedo podre para escolher aliados. E no fim os maranhenses que se lasquem com a sina de políticos sem compromisso em tirar o estado do atraso e piores índices sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.