Josimar mostra força e reúne multidão em Zé Doca durante ato com Weverton

O deputado federal Josimar (PL), o senador Weverton (PDT), que pretende disputar o governo do Maranhão e o senador Roberto Rocha (PTB), que busca a renovação do mandato, compartilharam palanque pela primeira vez, ontem, no município de Zé Doca, desde que formaram aliança.

No encontro, Josimar mostrou mais uma vez sua força política junto ao seu grupo político. Na companhia de sua irmã, Josinha, prefeita de Zé Doca; de deputados, vereadores e mais de 20 prefeitos do PL, ele apresentou o pedetista como seu candidato a governador numa das maiores edições do projeto ‘Maranhão Mais Feliz’.

Em seu discurso, o deputado federal voltou a reafirmar os motivos que o levaram a apoiar a pré-candidatura de Weverton na disputa pelo Palácio dos Leões nas eleições de outubro. Segundo ele, as semelhanças propostas pelo pedetista se confundem com as que ele defende para um Maranhão melhor.

“Eu vi no projeto do Weverton muita semelhança ao nosso projeto que é acabar com a pobreza do Maranhão, criar emprego e renda para o nosso maranhense. Foi pensando nessa proposta de futuro que Weverton hoje está aqui hoje na região do Turi, lançando a sua pré-candidatura”, declarou.

Josimar encerrou seu pronunciamento destacando a presença da multidão que compareceu para prestigiar o evento politico. “Somos aguerridos. Nós sabemos reconhecer que o que nos faz forte é vocês. É essa multidão que está aqui hoje que nos torna forte”, completou o deputado federal que busca mais um mandato na Câmara Federal.

Emocionado com o carinho que recebeu da população do município, Weverton agradeceu o apoio e reafirmou seu compromisso em fazer um Maranhão Mais Feliz. Em seu discurso, ele destacou o que lhe motivou a lançar sua pré-candidatura ao governo maranhense.

“Minha vocação é superar desafios e fazer o que meu coração, claro, manda quando é um sonho sonhado de forma coletiva. E essa luta que fui construindo foi para mudar os números vergonhosos que o Maranhão vive, mas não é só olhar números: é olhar pessoas que sentem os problemas do dia a dia”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.