Dino segue divagando sobre política nacional e se eximindo de discutir os problemas do Maranhão

Ao invés de discutir os problemas do Estado, como a extrema pobreza e o colapso do sistema de ferry boat, comunasocialista insiste em tratar de temas nacionais.

O ex-governador Flávio Dino (PSB) continua divagando sobre temas da política nacional e se esquivando de discutir o que realmente interessa: o desenvolvimento do Estado e soluções para resolver os seus inúmeros problemas, boa parte deles adquiridos na gestão do comunasocialista nos últimos sete anos e três meses.

Pré-candidato ao Senado, Dino permanece utilizando suas redes sociais para tratar de assuntos que, em nada, contribuem com a vida do eleitor maranhense.

Ainda na noite de ontem, soltou a seguinte pérola com o objetivo de atingir o ex-juiz Sérgio Moro: “É constrangedor ver um colega ex-juiz federal dedicar-se a assassinar o Direito em tweets. Falar em “inocentar no mérito” ? Que maluquice é essa ? E agora dizer que existem “condenações em 3 instâncias” contra Lula ? E a declaração de nulidade ?”.

Até o momento, por exemplo, Flávio Dino não emitiu uma opinião sobre a situação dos ferry boat que fazem a travessia de São Luís para Baixada Maranhense. O sistema praticamente entrou em colapso devido a ineficiência do Governo. 

O editor do Blog já revelou em pelo menos três oportunidades – reveja, reveja e reveja – a estratégia do ex-governador e do seu aliado, o governador tampão Carlos Brandão (PSB), de trazerem para o debate local uma polarização nacional envolvendo o ex-presidente Lula (PT) e do atual presidente Jair Bolsonaro (PL).

Enquanto isso, Flávio Dino segue calado em relação ao desafio feito a ele pelo senador Roberto Rocha (PTB), que o chamou para o centro do ringue para debater, de fato, o Estado.

Pelo jeito, o comunasocialista irá evitar o confronto até onde for possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.