Vídeo: “Quem quiser fazer festa que faça com o seu dinheiro”, diz procurador-geral de Justiça

O procurador-geral de Justiça do Maranhão, Eduardo Nicolau, mandou um duro recado para gestores públicos, em especial prefeitos e prefeitas que queiram realizar festas comemorativas nos seus municípios.

Ao comentar os casos das cidades de Vitória do Mearim e Bacabal, nos quais os shows de Wesley Safadão e Aviões do Forró, respectivamente, foram cancelados após representações do Ministério Público acatadas pela Justiça, Nicolau cravou:

“O Ministério Público venceu, quem venceu não foi só Ministério Público, mas a população que não deixou o seu dinheiro ser escoado pelo ralo. A prefeitura de Vitória do Mearim, como também a prefeitura de Bacabal, queriam os prefeitos promover festa com o dinheiro público. Bacabal com 750 mil reais e Vitória do Mearim com 500 mil, não aceito, não aceitei e não aceitarei. Quem quiser fazer festa que faça com o seu dinheiro”, disse.

Abaixo, veja a declaração:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.