União Brasil começa a impugnar pedidos de filiação de políticos sem compromisso com o partido no Maranhão

A executiva nacional do União Brasil, maior partido do país e que surgiu da fusão entre DEM e PSL, começou a impugnar pedidos de filiações que não possuem identidade e compromisso com a legenda no Maranhão.

De acordo com o que foi apurado pelo editor do Blog, os pedidos rejeitados são de políticos engajados em pré-candidaturas ao Governo que não estão alinhadas às diretrizes do UB.

Na última quarta-feira, O deputado federal e vice-líder do União Brasil Câmara, Juscelino Filho, já havia dado o recado.

“Vamos exercer o nosso direito de, como membro da executiva nacional do União Brasil, impugnar essas filiações que venham a ser pleiteadas diretamente com a nacional e que não tenham o entendimento da identidade com partido”, afirmou o parlamentar.

No Maranhão, o UB apoia a pré-candidatura ao Governo do senador Weverton Rocha (PDT).

Recém filiado à sigla, o deputado federal Pedro Lucas Fernandes desembarcou do projeto Maranhão Mais Feliz para aderir a reeleição do ainda vice-governador Carlos Brandão (PSB).

O parlamentar emplacou na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social o irmão, Paulo Casé, cujo nome será anunciado na próxima segunda-feira (06).

O próprio Pedro Lucas, ainda segundo o que foi apurado, corre risco de ter a sua filiação cancelada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.