Brandão tenta se descolar de Flávio Dino

O governador Carlos Brandão (PSB) vem mostrando diariamente que pretende afastar de si a figura e modos operandi do seu antecessor, o ex-governador Flávio Dino (PSB), pré-candidato ao Senado.

Desde que assumiu a cadeira principal do Palácio dos Leões, Brandão vem agindo para dar ao Governo a sua cara e utilizando a força bruta da máquina estatal objetivando atrair novos aliados para o seu projeto de reeleição.

Diferentemente de Dino, que é considerado persona non grata junto a classe política, o atual mandatário dos Leões não se nega a conversar; costurar acordos; e oferecer benesses na estrutura administrativa do Executivo.

Prova disso foi a montagem do seu secretariado, por exemplo, formado por quase 60 pessoas indicadas para o primeiro escalão do Governo.

Flávio Dino conseguiu manter apenas dois aliados de primeira hora – Diego Galdino, remanejado para o Governo, onde não mais terá a força da Casa Civil, hoje comanda por Sebastião Madeira, e Ricardo Cappelli, que permaneceu na Comunicação, mas foi esvaziado perdendo o controle da Articulação Política, dada a Rubens Pereira, e da própria comunicação pessoal de Brandão, que permaneceu com a jornalista Aline Cristina, que ganhou status de secretária.

Nesta quinta-feira, em entrevista a Rádio Mirante AM, o atual governador mandou mais um recado ao seu antecessor.

Disse que quer ser parceiro do prefeito Eduardo Braide (sem partido) e ajuda-lo a implementar novas ações em São Luís.

“São Luís pode contar comigo, pode contar com o apoio para que a gente possa fazer uma grande parceria com os bairros de São Luís”, disse.

Postura totalmente diferente de Flávio Dino, que nunca se propôs a dialogar com Braide, sempre mantendo postura de oposição.

E olha que o novo governo  ainda não completou nem uma semana.

1 pensou em “Brandão tenta se descolar de Flávio Dino

  1. Pingback: Jornalista e ex-deputado detona secretário de Comunicação - Blog do Gláucio EriceiraBlog do Gláucio Ericeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.