“Acham que podem escolher quem é o governador do Maranhão”, diz Weverton

O senador Weverton (PDT) participou de um ato de pré-campanha em Mata Roma na sexta à noite e comentou o início do governo-tampão do vice Carlos Brandão.

“Não tenho nada contra ele. Mas tenho uma história diferente. Não nasci em berço de ouro, não venho de famílias tradicionais e coronelistas”, afirmou.

“Venho do outro lado, da família tradicional do Maranhão que é o filho da Maria, do João, da pessoa comum, que eles acham que só servem quando é para servi-los”.

“Eles acham que podem escolher quem vai ser governador”, afirmou. “Não vou ficar acomodado achando que com acordões, vamos resolver os problemas desse estado”.

Weverton disse que será a campanha do tostão contra o milhão, pela força da máquina pública comandada por Brandão.

“Mas eu não tenho medo deles. Eu nunca baixei minha cabeça para essa gente”, afirmou.

“Não tive padrinho político, tive orientação. E quem me orientou, ensinou que mais que cargo e dinheiro, valia a pena lutar por causas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.