Prefeito de Timon decreta lockdown de quatro dias

O prefeito Luciano Leitoa (PSB) assinou decreto, nesta última segunda-feira (29), instituindo um lockdown (fechamento total das atividades) no município de Timon por um período de quatro dias.

A medida visa controlar a disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19) na cidade.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde, contidos em boletim epidemiológico atualizado divulgado ontem à noite, Timon possui 2.025 casos confirmados da doença e 64 óbitos.

Nos dias 02 e 03 de julho, estarão autorizados a funcionar somente mercados, supermercados, hipermercados e congêneres, padarias, borracharias, serviços bancários exclusivamente para pagamento de auxílio emergencial e benefícios sociais e autoatendimento, casas lotéricas, oficinas, para serviços de manutenção e conserto de veículos, farmácias e drogarias, serviços de saúde, atividades de distribuição e comercialização de combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo, serviços de delivery, serviços de segurança e vigilância, serviços de transporte de cargas, órgãos e profissionais de comunicação, comércio de materiais de construção, ferragens, ferramentas, material elétrico, cimento, tintas, vernizes e materiais para pintura, mármores, granitos e pedras de revestimento, vidros, espelhos e vitrais, madeira e artefatos, materiais hidráulicos, cal, areia, pedra britada, tijolos e telhas.

Já nos dias 04 e 05 de julho terão autorização para funcionar apenas farmácias e drogarias, serviços de saúde, serviços de segurança e vigilância, serviços de delivery exclusivamente para alimentação, órgãos e profissionais de comunicação.

Os serviços públicos essenciais deverão funcionar mediante o cumprimento do protocolo sanitário com vistas a conter a disseminação da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *