Zé Gentil dá reprimenda em Duarte Júnior; Comunista se diz injustiçado

Como já era esperado, o clima esquentou entre os deputados Zé Gentil (PRB) e Duarte Júnior (PC do B) na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (24).

O pai do prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), usou a tribuna para, mais uma vez, reclamar do seu colega comunista, que teria se utilizado do RG+, iniciativa que insere na carteira de identidade o tipo sanguíneo do cidadão maranhense, para se promover politicamente.

A iniciativa é fruto de projeto de lei apresentado por Gentil. Duarte figura como co-autor.

Em seu discurso, Zé Gentil lamentou o fato do seu colega ter lançado o projeto, ontem, através do Procon/Viva, presidido pela advogada Karen Barros, sua namorada, sem, sequer, tê-lo convidado para a cerimônia realizada no Shopping da Ilha.

“Sou deputado estadual pela quarta vez e nunca precisei subir à tribuna para fazer reclamação de um colega parlamentar. Espero que o deputado Duarte tenha aprendido com este erro e que não volte a se repetir”, disse o republicano.

Duarte, por sua vez, rebateu Gentil afirmando que está sendo injustiçado.

O jovem deputado chegou a se comparar a Jesus Cristo, que foi crucificado.

“Luto por um Maranhão mais justo, mas o que vejo nesta Casa é uma disputa de egos por coisas pequenas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *