Juiz determina busca e apreensão na Mirante, PRTB e no comitê de campanha de Carioca

Em cumprimento a uma decisão do juiz Alexandre Lopes de Abreu, que integra a banca de juízes auxiliares do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), funcionários da Justiça Eleitoral iniciaram, nesta manhã, trabalho de busca e apreensão nas dependências do Sistema Mirante de Comunicação, diretório estadual do PRTB e no comitê de campanha do candidato a deputado estadual, Carioca do Povo.

A ação policial determinada pelo magistrado visa apreender exemplares de um jornal apócrifo impresso na Gráfica Escolar SA, localizada dentro do Sistema Mirante e que pertence à família Sarney, e que estavam sendo distribuídos no Terminal da Praia Grande ontem – reveja e reveja.

O referido jornal, que continha ataques aos deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS), candidatos ao Senado pelo grupo do governador Flávio Dino (PC do B), possuía 500 mil cópias e foi elaborado a mando do próprio Carioca, aliado histórico do deputado federal Sarney Filho (PV), candidato à Câmara Alta pelo grupo Sarney.

Alexandre Lopes acatou pedido feito pela Coligação “Todos Pelo Maranhão” e classificou a impressão do jornal como prática de conduta contrária à legislação eleitoral, afirmando que a peça causa desequilíbrio ao pleito do próximo domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *