Alexandre Almeida denuncia Edinho Lobão na Polícia Federal

Candidato ao Senado pelo PSDB na sede da PF.

Desandou, de vez, a relação de amizade e política que existia entre a família Lobão e o deputado estadual Alexandre Almeida, candidato ao Senado pelo PSDB.

O parlamentar registrou nesta terça-feira (18), na superintendência da Polícia Federal, em São Luís, uma queixa crime contra o empresário Edinho Lobão (MDB), primeiro suplente na chapa encabeçada pelo seu pai, o senador Edison Lobão, também do MDB, que é candidato à reeleição pelo grupo Sarney.

Ontem, Almeida divulgou nas suas redes sociais e no seu programa eleitoral vídeo no qual acusou Lobão pai de ser investigado pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção, organização criminosa e formação de quadrilha.

As informações contra o senador, segundo o tucano, estão disponíveis no site do Supremo Tribunal Federal (STF)

Alexandre Almeida, em um outro vídeo divulgado hoje, justificou o ato afirmando que, tão logo teceu as críticas à Lobão, recebeu uma mensagem de Edinho, que o teria ameaçado e declarado que ele havia conquistado “um inimigo para toda a vida”.

Mensagem encaminhada por Edinho a Alexandre.

“Em vim pedir proteção policial porque eu fui ameaçado pelo candidato [Edinho], pois divulguei no programa eleitoral na TV a notícia de que o candidato [Lobão] está sendo investigado por corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa e formação de quadrilha. Eu confio que a Polícia Federal vai dar proteção a mim, a minha esposa e ao meu filho de dois anos nessa luta contra a velha política, aquela em que os políticos profissionais corruptos se utilizam de ameaças para continuar no poder as custas do sofrimento da população”, afirmou o deputado.

Outro lado – Edinho Lobão afirmou que, de fato, sentiu-se incomodado com o programa eleitoral exibido por Almeida.

No entanto, garantiu que a mensagem enviada ao parlamentar não foi em tom de ameaça.

“Meu pai não tem nenhum processo, mas o senhor Alexandre Almeida, um candidato com 0% nas pesquisas, resolveu centrar [seu ataque] em quem é líder nas pesquisas. Eu fico muito triste. E em determinado momento escrevi para ele me explicar direitinho qual é essa técnica dele agredir meu pai”, disse o empresário em entrevista ao site do Jornal O Imparcial.

Edinho classificou o tucano como um imberbe que não tem experiência de nada na política.

E garantiu que ingressará na Justiça para retirar do ar o programa no qual o deputado centra fogo contra o senador.

Abaixo, veja o vídeo gravado por Alexandre Almeida.

O velho Maranhão contra-ataca!

Ontem à noite, minutos após a veiculação da minha campanha no programa eleitoral, recebi uma mensagem de WhatsApp do filho e candidato a primeiro suplente do senador Edson Lobão, Lobão Filho. Ele me ameaçou e declarou que eu havia conquistado “um inimigo para toda a vida”.Para quem não assistiu ao programa eleitoral ontem na TV, segue o link do vídeo na íntegra, também disponível aqui na minha página: http://bit.ly/2OzQEsX . Neste vídeo, a minha campanha esclarece ao povo maranhense as principais investigações que pesam contra o senador e também candidato a reeleição, Edson Lobão. Todas as informações acerca dessas investigações são públicas e estão disponíveis no site do Supremo Tribunal Federal (STF). Segue uma delas para consulta: http://bit.ly/2OBgMDV Essa ameaça só reforça o jeito de se fazer política dos políticos profissionais. O velho Maranhão contra-ataca! Eu quero um novo Maranhão e convido você a lutar comigo!#NovoMaranhão #AlexandreAlmeidaSenador #AlexandreAlmeida456 #OMaranhãoÉPraJá

Posted by Alexandre Almeida on Tuesday, September 18, 2018

2 pensou em “Alexandre Almeida denuncia Edinho Lobão na Polícia Federal

  1. Pingback: “Ele está sendo usado como laranja”, afirma Weverton sobre Alexandre Almeida - Blog do Gláucio EriceiraBlog do Gláucio Ericeira

  2. Pingback: Edinho chama Alexandre Almeida de candidato “ameba” e afirma que o acionará na Justiça - Blog do Gláucio EriceiraBlog do Gláucio Ericeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.