Grupo de Mário Macieira declara apoio a Carlos Brissac para presidência da OAB/MA

O advogado Carlos Brissac recebeu uma adesão de peso, ontem, durante o lançamento da sua pré-candidatura à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, secçional Maranhão (OAB/MA).

O grupo do ex-presidente Mário Macieira, que dirigiu a entidade por seis anos, declarou oficialmente apoio ao advogado, que encabeça o movimento Vem Comigo, formado por mais de 200 jovens causídicos.

O evento aconteceu no auditório do Executive Lake Center, na Lagoa da Jansen, em São Luís, e reuniu cerca de 300 profissionais da área.

A adesão do grupo de Macieira ao projeto de Carlos Brissac põe fim as especulações apontando para um cenário no qual o ex-presidente estaria inclinado a disputar, mais uma vez, a eleição para o comando da Ordem.

“O ato de apoio à minha pré-candidatura serviu para destacar a importância da representatividade dentro da entidade, que deve recuperar seu protagonismo nas esferas local e nacional. Eu sempre acreditei na força de um grupo. E é com essa força que nós temos que trabalhar a defesa das prerrogativas, a valorização do advogado em sua dignidade, não só do jovem advogado, mas do mais experiente, como do advogado do interior e a mulher advogada. E em tempos de crise institucional e constitucional, de insegurança jurídica, nós não podemos ficar à margem da história”, afirmou Carlos Brissac ao editor do Blog do Glaucio Ericeira.

Em seu discurso, Mário Macieira pontuou: “A OAB é muito mais do que nós somos, é uma grande instituição neste país e ela precisa sobreviver a nós. É preciso que a OAB tenha a cara da advocacia do Maranhão”.

Segundo o ex-presidente, o protagonismo da OAB do Maranhão está enfraquecido, já que a seccional atualmente está menos envolvida em organizar e sediar iniciativas e ações de cunho nacional.

Brissac criticou a atual gestão da entidade. “Acredito que perdemos o protagonismo das grandes discussões da sociedade, além da falta de representatividade. Além disso, a advocacia precisa ter segurança e transparência necessária para saber que sua anuidade está sendo bem destinada. Precisamos trazer conceitos de governança corporativa e accountability para dentro da nossa instituição. Precisamos prestar contas de forma clara e precisa”.

O pré-candidato garantiu que dialogará com os demais postulantes ao cargo com o objetivo produzir uma convergência de ideias no sentido de fazer com que a Ordem volte a ser forte e representativa.

A pré-candidatura de Brissac mira em um público que, hoje, é o fiel da balança no que se refere a decidir o pleito.

Tratam-se dos chamados jovens advogados, profissionais com até cinco anos de experiência no mercado.

Juntos, eles representam, de acordo com informações obtidas pelo editor do blog, um eleitorado formado por cerca de nove mil advogados.

A OAB maranhense possui aproximadamente 12 mil associados em todo estado.

A eleição acontece no mês de novembro.

Pré-candidaturas – Com o lançamento do nome de Carlos Brissac, a corrida sucessória pelo comando da Ordem passou a ter, neste momento, quatro pré-candidaturas postas no tabuleiro e publicizadas.

Também pretendem concorrer o atual vice-presidente, Pedro Augusto Souza Alencar; o presidente do Sindicato dos Advogados do Maranhão (SAMA), Mozart Baldez; e a Samara Braúna.

Esta última representa o coletivo “Ordem e Mudança”, que tem o apoio dos conselheiros federais Charles Dias, Luís Augusto de Miranda Guterres e José Agenor Dourado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *