Eleições 2018: Edivaldo nega articulações sobre candidatura a vice-governador

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) preferiu, como se diz no popular, “não entrar em bola dividida” e negou, nesta segunda-feira (09), que estejam em andamento discussões que possam resultar na sua candidatura como companheiro de chapa do governador Flávio Dino (PC do B) em 2018.

“Não existe conversa nesse sentido”, afirmou o pedetista durante entrevista concedida ao programa Ponto Continuando, da Rádio Mais FM.

Edivaldo, desde o início do ano, vem imprimindo um ritmo acelerado de trabalho em diversos setores da prefeitura de São Luís, situação, esta, que, além de beneficiar o povo, melhorou consideravelmente sua imagem como gestor e, consequentemente, faz com que o seu nome seja colocado na bolsa de apostas para ser o candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Dino.

Nos campos político e pessoal, prefeito e governador são aliados e amigos, o que resultaria na manutenção de um projeto de poder confiável para as eleições de 2022, quando o comunista poderia passar o comando do Palácio dos Leões para Edivaldo e disputar a única vaga que será aberta para o Senado.

Edivaldo, no entanto, age corretamente ao não adotar um posicionamento que possa gerar especulações de toda ordem.

Afinal, o grupo comandado por Flávio Dino é amplo e possui nomes de outros campos partidários com potencial para também ocupar a vaga de vice.

Porém, o nome do prefeito da capital continuará sendo lembrando. Seja pelo seu trabalho como gestor, seja pelo seu peso político e fidelidade ao grupo ao qual pertence.

1 pensou em “Eleições 2018: Edivaldo nega articulações sobre candidatura a vice-governador

  1. Pingback: Dino destaca trabalho de Edivaldo e o aponta como seu possível sucessor - Blog do Gláucio Ericeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.