Ministro Roberto Barroso arquiva inquérito contra Zé Reinaldo

O ministro Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento do inquérito proposto no bojo da Operação Lava Jato contra o deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB).

Barroso atendeu pedido da defesa do parlamentar e seguiu parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que já havia pedido o arquivamento do processo contra o ex-governador – reveja.

Para Janot, além de não ter tido o nome citado por delatores da Odebrecht, Zé Reinaldo possui mais de 70 anos, situação que implica em prescrição retroativa de possíveis penas.

No mês passado, em entrevista exclusiva concedida ao editor do blog (reveja), o deputado mostrou-se tranquilo em relação ao desfecho do caso.

“A denúncia não me acusa de nada. Eu ouvi a gravação dos delatores e todos dizem que não me deram nada. Está lá, é só ouvir a gravação. Portanto, eu tenho plena confiança na Justiça”, disse à época.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.