Feirinha São Luís chega à 4ª edição com aprovação do público

A Ferinha São Luís, uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, completou o primeiro mês de funcionamento ontem com aprovação do público que aumenta a presença a cada edição na Praça Benedito Leite.

O prefeito Edivaldo esteve no local para conversar com as pessoas e obter impressões do projeto, executado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), que além de resgatar o centro histórico, contribui para elevar a renda de artesãos e produtores da agricultura familiar da ilha de São Luís.

A iniciativa reúne órgãos municipais, Banco do Nordeste, Governo do Estado,Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Citelum e Associação Comercial do Maranhão (ACM). Apoiam ainda o evento, o Senac, a Academia Maranhense de Letras, e a Arquidiocese de São Luís.

“A Feirinha tem fortalecido a agricultura familiar, que possui presença muito forte na zona rural da Ilha. Temos investido em programas interessantes como PNAE e PAA, de aquisição de alimentos para as escolas e cestas distribuídas às comunidades carentes. Em mais esta ação damos oportunidade ao produtor de ter mais um espaço de comercialização dos seus produtos”, disse Edivaldo.

O prefeito permaneceu no local, onde chegou acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, durante mais de duas horas. Edivaldo percorreu a feira acompanhado ainda por parte do secretariado de governo, dos vereadores Marquinho e Raimundo Penha, e do pai, o deputado estadual Edivaldo Holanda.

O evento, que acontece aos domingos das 7h30 às 15h, auxilia na exposição e comercialização de produtos e subprodutos da agricultura familiar, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, doces, compotas, queijos e comidas típicas do estado.

Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia. Que vai ao local também tem como atração uma programação cultural, com acentuação folclórica no mês de junho e obras literarias.

Para os produtores e comerciantes, a Feirinha São Luís tem obtido êxito crescente.

Pela primeira vez participando do evento, a funcionária da Santa Pamonha e Mania Pimenta, Ane Pestana, elogiou a iniciativa e comemorou a aprovação pelo público presente dos produtos colocados à venda. “Estamos vendendo produtos com preços entre R$ 15 e R$ 20 e todos têm sido aceitos pela população por saber se tratar de algo diferenciado”, avaliou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.