Bia Arôso afirma ter sido ameaçada e diz que é um arquivo vivo

A ex-prefeita de Paço do Lumiar, Bia Arôso, resolveu desabafar em alguns grupos de mensagem da cidade localizada na Grande Ilha de São Luís.

Em áudio, ao qual o editor do blog teve acesso, Bia afirma que resolveu sair do silêncio e esse seu novo posicionamento deve-se ao fato dela ter sido ameaçada.

“Que agora eu vou sair do silêncio e vou falar sim, já que começaram a mexer comigo, começaram a me ameaçar. Agora vão começar a ouvir também. Porque tem um lado da minha história”, disse a ex-prefeita sem citar nomes dos supostos ameaçadores.

Em outro trecho do áudio, no qual ela se dirige a um homem chamado Marcelo, Bia diz ser um arquivo vivo.

“Eu sou um arquivo vivo. Tentaram me transformar em um arquivo morto, mas não vão conseguir porque minha história está escrita e bem guardada. Se me acontecer alguma coisa, não adianta porque vai vir a público, não adianta fazer nada comigo”.

Ainda durante a mensagem gravada, a ex-prefeita confirma fidelidade ao grupo Sarney.

Bia Arôso foi presa no mês passado pela Polícia Federal quando desembarcava no aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado.

Ela foi solta algumas horas depois por decisão da juíza federal substituta da 1ª Vara Criminal, Cláudia Schlichta Giusti.

Em 2012, a ex-gestora também foi detida pela PF acusada de integrar um esquema criminoso que desviou cerca de R$ 15 milhões do setor educacional do município.

Abaixo, ouça o áudio de Bia.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.