Vídeo: Gastão Vieira pede votos e anuncia pesquisa para o Senado

O ex-deputado federal e ex-ministro, Gastão Vieira (PROS), resolveu entrar mais fortemente no debate sobre a eleição majoritária para o Senado, em 2018.

No início do mês, Vieira anunciou sua disposição de enfrentar as urnas e disputar uma das duas vagas que serão abertas para a Câmara Alta.

Na ocasião, aproveitou para “beliscar” o senador Roberto Rocha (PSB), de quem foi adversário em 2014.

Em um vídeo postado nas suas redes sociais (veja abaixo), o presidente estadual do PROS novamente falou da sua trajetória política – situação que, segundo ele, o credencia para a disputa – pediu votos aos eleitores e anunciou uma pesquisa de intensão de votos que será concluída neste fim de semana.

A referida pesquisa estaria sendo realizada pelo Instituto Escutec e teria sido contratada pelo grupo Sarney.

O editor do blog já tratou sobre o assunto “Gastão Vieira Senador” e permanece com o mesmo ponto de vista: o experiente político enfrenta dificuldades de viabilizar sua candidatura devido ao fato de não possuir, neste momento, grupo definido – o leitor pode relembrar acessando o post “Há uma desilusão e um desgaste muito grande com Roberto Rocha”, dispara Gastão Vieira ao anunciar desejo de disputar o Senado”.

Pré-candidaturas – O cenário pouco alterou em relação as preferência para o Senado dos grupos políticos liderados pelo governador Flávio Dino (PC do B) e pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

No campo governista, continuam postas as pré-candidaturas dos deputados federais Weverton Rocha (PDT), José Reinaldo Tavares (PSB) e Waldir Maranhão (PP).

Na oposição, a certeza se estabelece, até o momento, apenas na figura do deputado federal licenciado e ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), cuja pré-candidatura foi lançada no início do mês.

Aparecem, ainda, possíveis pré-candidaturas que gravitam na órbita das forças políticas já citadas, tais como a do ex-juiz federal, Marlon Reis (Rede Sustentabilidade), e do prefeito de Santa Riba, Hilton Gonçalo (PC do B), por exemplo.

Leia também:

Os caminhos do Grupo Sarney em 2018

Roberto Rocha sobre Gastão Vieira: “Ele desejaria mesmo era inaugurar a categoria de ex-derrotado”

Senado: Presidente do Grupo FC Oliveira cotado para ser um dos suplentes de Weverton Rocha

Senado: Márcio Jerry usa de cautela e não oficializa apoio do PC do B a Zé Reinaldo

Hilton Gonçalo poderá filiar-se ao PEN para disputar o Senado em 2018

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.