Temer escolhe Raquel Dodge para o comando da Procuradoria Geral da República

Dodge bateu Nicolao Dino, irmão do governador Flávio Dino.

Com informações do G1 

O presidente Michel Temer (PMDB) escolheu nesta quarta-feira (28) a procuradora Raquel Dodge para o comando da Procuradoria Geral da República, em substituição ao atual procurador-geral, Rodrigo Janot. O mandato de Janot à frente da PGR termina em setembro.

Figurando como a primeira mulher a exercer o cargo, Dodge foi a segunda mais votada (com 587 votos) na lista tríplice encaminhada ontem pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) ao peemedebista. O primeiro foi o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, irmão do governador Flávio Dino (PC do B).

Como já era esperado, Temer optou pela procuradora, que era nome de consenso entre a maioria dos caciques do PMDB, dentre eles o ex-presidente José Sarney.

O nome de Raquel Dodge foi anunciado pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, em pronunciamento no Palácio do Planalto que durou 22 segundos.

Ela será submetida a sabatina no Senado e precisará ter a indicação aprovada pelos senadores antes de ser oficializada no cargo. Caso seja aprovada, ela tomará posse em setembro, no lugar de Janot.

Provando do veneno – Ano passado, Flávio Dino utilizou do mesmo expediente de Michel Temer no processo que definiu o comando da Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão.

À época, o mais votado para o cargo foi o promotor Augusto Cutrim. No entanto, o governador ignorou a vontade da maioria e nomeou o procurador Luis Gonzaga Martins Coelho, segundo colocado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.