Rodoviários recuam e greve em São Luís não será mais deflagrada na segunda-feira

Durante reunião na Superintendência do Trabalho, categoria decidiu adiar greve.

Os rodoviários de São Luís recuaram e decidiram, pelo menos por enquanto, não paralisar as atividades. A greve dos motoristas e cobradores do sistema de transporte coletivo estava prevista para ter início na segunda-feira (05).

Nesta manhã, representantes da categoria e do Sindicato das Empresas de Transporte (SET) estiveram reunidos na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 13%, além do aumento do valor do ticket alimentação.

A classe patronal continua sinalizando com apenas 2,5% de reajuste.

Mais uma vez, rodoviários e empresários não chegaram a um acordo.

No entanto, atendendo pedido da superintendente Lea Cristina, representantes dos rodoviários decidiram não iniciar a paralisação na segunda-feira, dia no qual eles estarão reunidos mais uma vez com os empresários em uma nova rodada de negociações.

“Suspendemos o movimento grevista até que esse novo encontro aconteça, mas se percebermos que de maneira alguma haverá acordo através da conversa, os rodoviários cruzarão os braços, sim”, disse o presidente do sindicato que representa a categoria, Isaias Castelo Branco.

Leia também:

Aumento de passagens dos coletivos de São Luís está descartado

Em nova assembleia, Rodoviários confirmam greve para próxima segunda-feira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.