Prefeitura integra ações de combate à violência e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), participou na tarde desta última quinta-feira (18), da caminhada que marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A mobilização compõe uma programação articulada pelo Comitê de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes de São Luís, que é formado pelos Conselhos Municipais dos Direitos das Crianças e Adolescentes, da Assistência Social e da Condição Feminina. A caminhada teve sua concentração na Praça Deodoro e seguiu pela Rua Grande até a Praça Dom Pedro II, na Praia Grande. Ao final, o prefeito Edivaldo recebeu, no Palácio La Ravadière, uma comissão formada por representantes das entidades.

Na ocasião o prefeito Edivaldo, acompanhado do vice-prefeito Julio Pinheiro, recebeu da estudante Brenda Rodrigues Tonello, 15, o ‘Pacto de Enfrentamento de Violência Contra Crianças e Adolescentes’ e a ‘Carta Compromisso’. Os documentos trazem propostas de políticas voltadas para a área da infância. Os vereadores Raimundo Penha, Ricardo Diniz e Gaguinho prestigiaram a solenidade.

“Este é um momento muito especial. Me sinto muito feliz em perceber o despertar da consciência destas crianças para este tema e também da sociedade que deve se mobilizar para que criemos uma rede de proteção em torno da infância e adolescência. Na nossa gestão temos trabalhado para que ações de combate à todas as violências sejam duramente combatidas”, disse Edivaldo.

A mobilização teve como objetivo chamar a atenção da sociedade para a luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. Todas as ações seguem as orientações da campanha ‘Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes’, do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, cujo tema central é ‘Esquecer é permitir. Lembrar é combater’.

O vereador de São Luís, Raiumundo Penha, representando o legislativo municipal, chamou a atenção para importância dos atos de defesa pelas crianças e adolescentes da capital. “Nós estamos aqui como legislativo, unindo as mãos com a sociedade civil e o poder público, porque esta é uma pauta que diz respeito a todos e é necessário somar forças para que se tenha um resultado positivo. É um trabalho que funciona em rede, porque ele faz a prevenção e conscientização das pessoas sobre essa temática”, disse o vereador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.