85 anos da OAB/Ma e advogados sem nada a comemorar na gestão Thiago Diaz

Falta de transparência; descumprimento de promessas de campanha; crise institucional com o Judiciário; e utilização da entidade em benefício próprio são, até o momento, as “conquistas” alcançadas pelo jovem presidente.

A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil comemora, esta semana, 85 anos de fundação.

E os advogados do estado pouco ou nada têm a comemorar na gestão do jovem presidente da entidade, Thiago Diaz.

Eleito com o discurso da mudança, Diaz, que está no seu segundo ano de mandato, contabiliza uma série de ações desastrosas que resultaram em um desgaste que, muito provavelmente, refletirá negativamente no seu desejo de disputar a reeleição ano que vem.

Na gestão do jovem presidente não há transparência, por exemplo. O Portal Público que deveria abrigar receitas e despesas da OAB Maranhão existe e está abrigado no site da entidade.

Porém, nunca foi atualizado pela administração Thiago Diaz. A última publicação compreende os meses de julho e setembro de 2015, quando o presidente ainda era o advogado Mário Macieira.

Diaz, recentemente, foi acusado por vários de seus colegas causídicos de utilizar da influência do cargo que exerce para beneficiar o seu escritório abocanhando o maior número possível de contratados com Prefeituras e Câmaras Municipais do interior.

O presidente da OAB/Ma iniciou o ano de 2017 descumprindo uma de suas principais bandeiras de campanha, que foi não aumentar a anuidade dos seus colegas advogados.

No mês passado, Thiago Diaz conseguiu a façanha de abrir uma crise institucional com o Poder Judiciário.

Depois de agir de maneira desrespeitosa contra o juiz Francisco Ferreira Lima, da 2ª Vara da Comarca de Coroatá, ele foi veementemente repudiado pelos desembargadores Cleones Cunha e Anildes Cruz, presidente e corregedora-geral do Tribunal de Justiça, respectivamente; pelo presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão, juiz Angelo Santos; e pelo Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão.

E assim segue a gestão Thiago Diaz à frente da OAB Maranhão. Sem absolutamente nada para mostrar e, tão pouco, comemorar.

Leia Mais:

Thiago Diaz descumpre promessa e aumenta valor da anuidade dos advogados

Em sessão do TJ, presidente da OAB leva reprimenda de desembargadores

Até aliados estão insatisfeitos com a gestão Thiago Diaz à frente da OAB

Thiago Diaz sugere direcionamento de licitações em Prefeituras e Câmaras Municipais

2 pensou em “85 anos da OAB/Ma e advogados sem nada a comemorar na gestão Thiago Diaz

  1. Pingback: Sobra dinheiro e falta transparência na OAB do Maranhão - Blog do Gláucio Ericeira

  2. Pingback: “OAB-MA vive Diaz envergonhada”, avalia ex-aliado de presidente - Blog do Gláucio Ericeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.