Sindicato dos servidores da Justiça também repudia Thiago Diaz

O Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA) também resolveu se pronunciar em favor dos funcionários lotados na Comarca de Coroatá e repudiou o ato de desrespeito praticado pelo presidente da OAB no Maranhão, Thiago Diaz (foto).

Mostrando uma postura ditatorial – termo utilizado por magistrados e servidores do Judiciário – Diaz conseguiu a proeza de gerar uma crise institucional envolvendo o Tribunal de Justiça, Associação dos Magistrados do Maranhão e Ordem dos Advogados.

O jovem presidente, na semana passada, simplesmente desrespeitou o juiz Francisco Ferreira de Lima e os servidores da Comarca de Coroatá retirando, de forma intempestiva, avisos que se encontravam afixados no prédio da Justiça no município.

Thiago Diaz foi repreendido primeiramente pelo presidente da AMMA, juiz Angelo Santos – reveja aqui.

E ontem, passou vergonha na sessão do pleno do TJ ao receber reprimendas disparadas pelos desembargadores Cleones Cunha e Anildes Cruz, presidente e corregedora do Poder Judiciário, respectivamente – reveja aqui.

O presidente do Sindjus, Anibal Lins, classificou a atitude como uma afronta aos servidores, juízes e a todo Judiciário e foi enfático ao tratar do assunto. “Ao ponto que já avançou nossa sociedade, vejo como inadmissível o ato praticado. É uma afronta à autonomia do Judiciário e um desrespeito com os servidores que presenciaram a atitude”, afirmou.

Hoje, Lins e outros membros da diretoria do Sindicato estarão na cidade para conversar com servidores e também com o juiz. O objetivo é dar apoio aos funcionários e apurar o caso a fundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.