Procon interdita posto no Anil e atesta qualidade do combustível no Ipase

Na primeira imagem, posto no Anil sendo intertidado. Na segunda, no Ipase, qualidade do combustível sendo atestada.

Fiscais do Procon realizaram operações nesta quinta-feira que resultaram na interdição de um posto de gasolina no bairro do Anil e na comprovação da boa qualidade do combustível vendido em um outro posto, no Ipase.

As operações ocorreram devido a denúncias formuladas junto ao órgão.

O posto Rio Anil I foi interditado após serem constatadas irregularidades na qualidade e quantidade da gasolina comercializada no estabelecimento. “Além disso, o alvará de funcionamento estava vencido; não foi apresentado o atestado da Vigilância Sanitária, exemplar do CDC, e não estavam emitindo nota fiscal”, afirmou o presidente do Procon, Duarte Júnior.

No Ipase, os fiscais estiveram em um posto de combustível localizado próximo a Ponte do Caratatiua e que durante o feriado de Carnaval foi alvo de denúncias informando a suposta venda de gasolina adulterada.

Foi constatado que o combustível vendido no estabelecimento está dentro dos padrões exigidos pela Agência Nacional de Petróleo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.