Pedro Lucas assume Agência Metropolitana e pastor Porto Relações Institucionais

Fernandes coordenará o processo de metropolização e ações conjuntas envolvendo treze municípios.

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) assumiu nesta quinta-feira, durante solenidade realizada no Palácio Henrique de La Rocque, o comando da Agência Executiva Metropolitana, pasta com status de Secretaria de Estado e orçamento próprio que terá a missão de coordenar o processo de implantação, de fato, da região metropolitana de São Luís.

Na oportunidade, o governador Flávio Dino (PC do B) também empossou no cargo de secretário estadual extraordinário de Relações Institucionais o ex vice-governador e ex vice-prefeito de Imperatriz, Pastor Luis Carlos Porto (PPS).

As posses fazem parte da reforma administrativa que o comunista está promovendo em sua gestão. Também figuram como movimentos políticos que visam aproximar mais partidos do eixo de apoio do governador, que disputará a reeleição em 2018.

Nas próximas semanas, Dino promoverá mais mudanças. Uma delas deverá ser a posse do ex-deputado Rubens Pereira, pai do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PC do B) e atualmente comandando uma diretoria na Assembleia Legislativa, em um cargo também ligado as Relações Institucionais.

“Nosso principal desafio é tornar a Agência Metropolitana presente na vida do povo, do cidadão. Para isso, a gente tem que enfrentar alguns temas, como a mobilidade, a gestão dos resíduos sólidos, e criar o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado. Nunca tivemos um órgão como esse, os desafios são muito grandes, mas a gente vai superar com muito trabalho”, declarou Pedro Lucas, que será substituído na Câmara Municipal de São Luís pelo suplente do PTB, Joãozinho Freitas. Ele deverá assumir o mandato já na segunda-feira.

Ainda de acordo com Fernandes, a política de metropolização, já implementada pelo Governo do Estado com os quatro municípios que compõe a Grande Ilha de São Luís, será expandida para todos os 13 municípios que compõe a região.

O primeiro passo para o processo de metropolização, segundo ele, será a criação do Colegiado Metropolitano, gerando grandes expectativas entre as administrações municipais envolvidas.

Pastor Porto terá a missão de intermediar o relacionamento institucional e político entre Governo e demais instituições, com foco principal na Região Tocantina, onde o ex vice-governador tem influência mais forte.

1 pensou em “Pedro Lucas assume Agência Metropolitana e pastor Porto Relações Institucionais

  1. Pingback: Seis deputados aliados de Flávio Dino votaram a favor de Temer - Blog do Gláucio Ericeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *