Após lambança de Padre Fábio, Gorethi Camelo é eleita presidente da Undime Maranhão

A secretária municipal de Educação de Apicum-Açu, Gorethi Camelo (foto), foi eleita ontem presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), seccional Maranhão.

Camelo, que já havia presidido a entidade, comandará os destinos da União pelos próximos dois anos.

O que chamou atenção no pleito realizado na UFMA foi a lambança cometida pelo secretário municipal de Educação de Paço do Lumiar, Padre Fábio Rondon.

O religioso, que é filiado ao PC do B, teve a chapa indeferida pela comissão eleitoral.

Além de registrar a chapa, na semana passada, fora do horário determinado e com documentação incompleta, Rondon, no momento de apresentar os integrantes do seu grupo ontem, não sabia os nomes de todos.

Pior: uma das integrantes, a secretária municipal de Educação de Nina Rodrigues, Sâmara Correia, sequer estava presente.

“Tratou-se de uma verdadeira falta de organização, inexistência de poder para aglutinar e, lógico, inabilidade política expressiva”, informou ao editor do blog um gestor municipal presente no ato.

Em ambas as chapas, existiam membros que trabalhavam para um consenso, tendo Gorethi Camelo como candidata à presidência.

Mal orientado, principalmente pela titular da pasta da Educação de Santo Amaro, Aurinete Freitas, Rondon iludiu-se com falsos apoios, inclusive da cúpula do governo do estado.

Resultado: perdeu a eleição da Undime e ainda corre sério risco de ser exonerado da Educação luminense, uma vez que a primeira-dama e super secretária, Núbia Dutra, não gostou nem o pouco do embaraço produzido pelo religioso nas últimas semanas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.