Abre o olho, Edivaldo! Servidores protestam contra aparelhamento político da Vigilância Sanitária

Servidores concursados da Vigilância Sanitária de São Luís realizam neste momento um protesto contra aquilo que eles classificam de aparelhamento político do órgão em benefício de alguns funcionários contratados. A ação acontece na sede da VS, no bairro da Alemanha.

 “Nosso repúdio não é contra o prefeito, mas contra a perseguição e assédio que estamos sofrendo por parte da coordenação. Talvez o prefeito nem saiba o que está acontecendo”, afirmaram vários funcionários ao editor do blog.

A Associação dos Fiscais Sanitários de São Luís, entidade que representa a categoria, externou a insatisfação contra a perda da Gratificação de Atividade Fiscal.

De acordo com a AFISA, a prefeitura implantou o benefício e, em contrapartida, prejudicou os servidores ao ser constatado que o valor recebido da GAF foi descontado de outro benefício, o de produtividade do SUS.

“Há muito tempo os fiscais sanitários efetivos têm sofrido perseguições e ameaças da perda do SUS, caso não atendessem as exigências das gestoras da Vigilância Sanitária Municipal, mesmo que essas ordens fossem ilegais. Enquanto isso, os contratados apaniguados fazem o que bem entendem e existem casos dessas pessoas que recebem 1400 reais do SUS enquanto os efetivos receberam esse mês 300 reais”, comentaram representantes da Associação.

10 pensou em “Abre o olho, Edivaldo! Servidores protestam contra aparelhamento político da Vigilância Sanitária

  1. É necessário respeito e valorização dos fiscais sanitários de carreira, sua função é muito séria pois somos todos consumidores e usuário dos bens e serviços de saúde.

  2. A Categoria pede Respeito!!! Smos Fiscais de Carreira e merecemos valorização!!! O Prefeito não sabe dos desmandos ocorridos no importante Órgão da estrutura da prefeitura.

  3. Somos fiscais de fato e de direito, fizemos concurso para atuar na fiscalização sanitária, no entato, apesar da qualidade técnica de nosso equipe, sofremos com a desvalorização profissional e salarial por parte dos gestores!! Esquecem nosso papel tão importante na promoção e prevenção da saúde de nossa sociedade!! Acorda meu povo

  4. Basta de desvalorização à categoria com tamanha responsabilidade junto à população!!
    Equiparação salarial é um direito de servidores concursados do mesmo cargo !!
    Transparência administrativa e isonomia já!!

  5. Uma situação bizarra acontece na administração pública, não só no município de São Luís, mas também em outros cujo gestores ainda possuem uma mentalidade medieval, senão vejamos: como pode um servidor contratado exercer uma atividade de fiscalização que implica o poder de polícia, cobranças de taxas, dentre outras incumbências, ou seja , uma atividade fim do poder público ? além disso, ser mais valorizado do que um funcionário concursado especificamente para aquele cargo? Como pode uma atividade típica de estado e de grande influência na regulação do mercado ficar a cargo de pessoas que não pertence aos quadros de carreira? onde está o bom senso de nossos governantes? onde está o respeito às Leis e à moral administrativa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.