Coroatá: Governo recua e convoca professor Iran Lima para assumir direção do Iema

O Governo do Estado recuou e determinou a convocação do professor Iran Lima Costa (foto) para assumir o cargo de gestor geral da unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) de Coroatá.

Ontem, o pró-reitor de Ensino do Iema, Elinaldo Soares Silva, encaminhou ofício a Iran convocando-o para apresentar, num prazo máximo de cinco dias, os documentos descritos no edital do seletivo e, posteriormente, assumir o cargo ao qual tem direito.

A decisão ocorreu após a repercussão negativa na imprensa da informação revelando que o professor, mesmo tendo sido aprovado em primeiro lugar, estava sendo impedido de assumir o cargo. Costa já havia ingressado na Justiça objetivando garantir a nomeação.

A situação gerou forte descontentamento de uma boa parcela da população de Coroatá; de amigos e familiares de Iran.

Uma de suas filhas, inclusive, esteve ontem na solenidade de inauguração do Iema, oportunidade na qual fez um protesto solitário que chamou a atenção do próprio governador Flávio Dino (PC do B), que estava presente no evento.

Iran foi secretário municipal de Cultura na gestão da prefeita Teresa Murad (PMDB), esposa do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad.

Ambos são desafetos políticos declarados do atual prefeito Luis da Amovelar Filho (PT) e do próprio Dino.

Abaixo, confira o ofício:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.