Assembleia concluirá formação de comissões esta semana

Até o momento, apenas três nomes estão definidos: Júnior Verde comandará a Segurança. Glalbert Cutrim e Marco Aurélio as poderosas Comissões de Orçamento; e Constituição e Justiça, respectivamente. 

Júnior Verde, Glalbert Cutrim e Marco Aurélio já estão definidos como presidentes de Comissões.

A Assembleia Legislativa concluirá, nesta próxima semana, o trabalho de formação das comissões técnicas da Casa.

Até o momento, apenas três nomes estão definidos: o deputado Marco Aurélio (PC do B) comandará a poderosa Comissão de Constituição e Justiça. O parlamentar de Imperatriz também já foi confirmado como vice-líder do governo.

O deputado Glalbert Cutrim (PDT) deixou a segunda vice-presidência da Casa, cargo que exerceu no último biênio.

Porém, como se diz no popular, Cutrim “caiu para cima”. Ele será o presidente da também poderosa Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle.

Outro nome que também já está definido é o do deputado Júnior Verde (PRB) na Comissão de Segurança Pública. Verde é policial civil licenciado e deverá, a partir de agora, direcionar um pouco mais suas ações para o setor.

Quatro Blocos dividem o plenário da Assembleia. O maior deles, de nome Unidos Pelo Maranhão, reúne 23 parlamentares da base governista.

A base do governador Flávio Dino (PC do B) também conta com os apoios de deputados do Bloco Parlamentar Democrático, formado PHS, PSDB, PSC e PR e, cujo líder, é Vinicius Louro.

O PV formou bloco independente. Hemetério Weba e Rigo Teles marcharão com o governo, sendo que Adriano Sarney e Edilázio Júnior permanecerão no campo oposicionista.

O Bloco Parlamentar de Oposição é formado por Sousa Neto (PROS), Andréa Murad, Nina Melo e Roberto Costa – estes três últimos do PMDB. Costa, por sua vez, também não deverá causar maiores empecilhos ao governador.

Já o chamado Bloco Parlamentar Independente é composto por Alexandre Almeida (PSD), Eduardo Braide (PMN), Graça Paz (PSL), Max Barros (PRP) e Wellington do Curso (PP).

O deputado César Pires, do PEN, decidiu não integrar nenhum Bloco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.