Mário Macieira detona Thiago Diaz: “Herança maldita é desculpa de gestor que fracassou”

Ex-presidente não poupou “elogios” ao seu sucessor

O reajuste do valor da anuidade cobrada aos advogados maranhenses, instituído no início deste ano pela gestão Thiago Diaz à frente da OAB/Ma, causou o primeiro embate público entre o atual presidente da seccional e o ex-presidente, Mário Macieira.

Diaz, em entrevista concedida esta manhã ao jornalista Roberto Fernandes, no programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, tentou explicar o aumento da cobrança afirmando que seguiu parte de uma orientação feita pelo Conselho Federal da instituição,  sugerindo, ainda, que, ao contrário do que imaginava, recebeu, em 2015, uma OAB “financeiramente fraca das pernas”.

Foi o bastante para Mário Macieira, durante participação no programa após a entrevista do atual presidente, detonar o seu sucessor.

“Essa história de herança maldita tornou-se uma desculpa de gestor que fracassou”, disparou.

Maceira desmentiu Thiago Diaz e afirmou que deixou a seccional com ótimo fôlego financeiro, situação esta que, segundo ele, foi atestada pela própria controladoria do Conselho Federal da Ordem.

Disse que, ao contrário do que o atual presidente tenta propagar, o aumento do valor da anuidade foi uma decisão tomada exclusivamente por ele e seus aliados no conselho da seccional.

“Ele [Thiago] afirmou que reduziu o valor da anuidade em 2015. O que não disse foi que, em contrapartida, começou a cobrar dos advogados e advogadas maranhenses valores por participação em seminários. Ele não pode transferir para mim suas irresponsabilidades. Ele tem é que explicar para os advogados porque aumentou o valor da anuidade”, revelou o ex-presidente.

De fato, o reajuste implantado por Diaz tornou a taxa uma das mais caras do país. Além de figurar como um descumprimento de uma das suas principais promessas de campanha.

Mas isso é assunto para uma próxima postagem…

7 pensou em “Mário Macieira detona Thiago Diaz: “Herança maldita é desculpa de gestor que fracassou”

  1. A Classe de advogados do Maranhão errou ao votar em Thiago Diaz, advogado muito inexperiente, medíocre, teleguiado por canalhas como Guterres, Charles Dias, Raimundo Marques, gente da pior espécie na área.
    O discurso do novo muitas vezes elegem essas nulidades que por serem novos nada sabem e a maioria também nada aprende.

  2. A anuidade da seccional do Maranhão, ainda com o aumento necessário, é uma das mais baratas do país.

    É repugnante a condenação do Presidente Thiago, tal como a feita no covarde post escrito acima, pelo simples fato dele ser relativamente novo na profissão.

    Discriminação pela juventude é diretamente contrário aos princípios constitucionais tão “enaltecidos” pela gestão anterior.

    A gestão atual já trouxe medidas nunca nem pensadas pelo grupo que governava no passado a OAB. São importantes medidas como criação da pós graduação em convênio com a UFMA, voto direto na escolha da lista para vaga de desembargador pelo quinto constitucional, entre outras jamais pensadas

  3. Queria saber não apenas o motivo do aumento, mas também qual índice adotado para chegar a esse valor? Por que nao foi feito uma audiência pública para debater o tema? E qual o motivo de nao terem anunciado o aumento quando o mesmo foi votado no ano passado?

  4. Que palhaçada! Isso é estelionato eleitoral! Tenho até hoje encarte dele dizendo que ia reduzir a anuidade e agora aumenta. O brasil num crise braba e ele me faz isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.