Bacabal: Zé Vieira tem posse confirmada e Câmara terá que realizar nova eleição para Mesa Diretora

Juiz Marcelo Moreira.

Uma luz brilhou, finalmente, em favor do povo de Bacabal e dissipou, pelo menos por enquanto, as nuvens da indefinição política e administrativa criadas pela disputa entre os grupos do prefeito José Vieira (PP) e da dupla João Alberto/Roberto Costa, ambos do PMDB.

O juiz Marcelo Silva Moreira, em decisão proferida nesta sexta-feira, confirmou as posses de Zé Vieira e Florêncio Neto (PHS) nos cargos de prefeito e vice-prefeito.

Determinou, ainda, que a gerência da Caixa Econômica Federal autorize Vieira a ter acesso as contas que a prefeitura possui na instituição bancária.

Marcelo Moreira, que responde pela 1ª Vara da Comarca do Município, anulou as duas eleições realizadas no dia 1º deste mês para a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, biênio 2017/18, determinando que uma nova eleição seja promovida no dia 03 de fevereiro, às 19h.

A Câmara, segundo o magistrado, deverá ser comandada, a partir de hoje até a realização do novo pleito, pelo vereador Irmão Leal, decano da Casa.

Somente dois vereadores — Professor Maninho (PRB) e Joãozinho do Algodãozinho (SD)  — não tiveram as posses validadas pelo juiz. Eles têm até o dia da nova eleição para providenciar documentação exigida e se regularizar junto a Justiça.

Dupla derrota – A decisão de Marcelo Silva Moreira pode ser considerada como uma derrota dupla sofrida pelo senador João Alberto e pelo deputado estadual Roberto Costa, segundo colocado nas eleições para prefeito na cidade.

A ação que resultou no despacho do juiz foi proposta pelo vereador Edvan Brandão (PSC), um dos presidentes eleitos para o Legislativo e que é aliado da dupla peemedebista.

Na ação, Edvan tentava tornar sem efeito a participação de vereadores que votaram em Cesár Brito (PPS) para presidente, validando, desta forma, somente o pleito que lhe conduziu ao comando da Casa.

Ou seja, além de não conseguir seu intento, ainda teve que se conformar com a validação da posse de Zé Vieira.

No entanto, João Alberto e Roberto Costa não desistirão tão fácil assim da sua missão.

A dupla, com toda certeza, continuará seu périplo pelas instâncias judiciais objetivando defenestrar Vieira do cargo.

PS: Leia tudo sobre a novela Bacabal aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.