PSL e PRTB farão convenção conjunta no próximo dia 28

O PSL e o PRTB realizarão no próximo dia 28, a partir das 15h, no Espaço Renascença, em São Luís, convenção conjunta que homologará seus candidatos nas eleições majoritária e proporcional.

A ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSL), terá confirmado o seu projeto de disputar o governo do estado em um enfrentamento com o governador Flávio Dino (PC do B), que terá a sua candidatura a reeleição ratificada no mesmo dia, só que no período da manhã, no MultiCenter Sebrae.

O partido de Maura, presidido no estado pelo vereador Chico Carvalho, lançará Samuel de Itapecuru como candidato ao Senado.

A outra vaga senatorial deverá permanecer desocupada, uma vez que o PRTB, comandado pelo advogado Márcio Coutinho, lançará candidatos somente para Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

O nome do candidato [ou candidata] a vice-governador de Maura Jorge ainda é uma incógnita.

Questionado sobre o assunto, Chico Carvalho preferiu o silêncio.

Abaixo, confira o vídeo gravado pela ex-prefeita.

“Situação normal”, afirma prefeito de Codó sobre apoios políticos distintos ao Senado

O prefeito Francisco Nagib (PDT) classificou como normal os apoios políticos distintos que o seu grupo no município de Codó está ofertando nas eleições deste ano.

Amanhã, a partir das 17h, no Clube Guarapary, o pedetista e correligionários apresentarão aos codoenses seus candidatos ao Senado Federal.

Tratam-se do deputado federal Weverton Rocha (PDT), pertencente ao grupo do governador Flávio Dino (PC do B), e o senador Edison Lobão, que tentará a reeleição pelo campo liderado pela família Sarney.

“Situação normal. Sempre mantivemos ótima relação e parceria com o senador Lobão e o Weverton também é unanimidade dentro do nosso grupo”, afirmou Nagib em conversa com o editor do Blog do Glaucio Ericeira na tarde da última segunda-feira, quando Weverton lançava, no MultiCenter Sebrae, em São Luís, sua pré-candidatura à Câmara Alta.

Francisco Nagib é aliado de Flávio Dino e apoiará sua reeleição.

O seu pai, o empresário Francisco Carlos de Oliveira, presidente do Grupo FC Oliveira, também o é, mesmo ainda estando filiado ao MDB, mesmo partido de Edison Lobão e da ex-governadora Roseana Sarney e que hoje é comandado na cidade por Eliane Figueiredo, esposa do ex-prefeito Biné Figueiredo (PSL), desafeto da família Oliveira.

O empresário, inclusive, chegou a ser cogitado para figurar como primeiro suplente nas chapas que serão encabeçadas por Weverton e Lobão, o que já foi descartado (reveja) pelo seu próprio filho.

No convite distribuído, Nagib também apresentará o ex-prefeito Zito Rolim (PDT) como pré-candidato a deputado estadual.

Já o jornalista Márcio Jerry, presidente estadual do PC do B e pré-candidato a deputado federal, também usufrui do apoio do prefeito.

Porém, não comparecerá ao evento para não ter que dividir palanque com Lobão

Renegada por partidos, Eliziane encontra dificuldades para contemplar PPS

A deputada federal Eliziane Gama, presidente do PPS no Maranhão, terá homologada, no próximo dia 28, sua candidatura ao Senado pelo grupo do governador Flávio Dino (PC do B).

Trata-se de uma vitória da parlamentar evangélica que, por obra e força bruta do comunista, terá o nome enfiado goela abaixo dos representantes dos partidos que apoiam a reeleição de Dino.

Diferentemente do também deputado federal Weverton Rocha (PDT), que é praticamente uma unanimidade dentro do grupo político/partidário do governador, Eliziane é vista com desconfiança por boa parte dos presidentes das legendas.

Alguns deles já declararam publicamente que não votam e não irão fazer campanha para religiosa, como é o caso do deputado estadual e presidente do PR, Josimar de Maranhãozinho, o Moral da BR.

PT, DEM e PP também são outras siglas do campo governistas que, apesar de manterem-se em silêncio, aceitando a indicação de Flávio Dino, não estão “nem aí” para o projeto da deputada.

Eliziane, agora, enfrenta outra dificuldade. Trata-se da composição das coligações proporcionais para os cargos de deputado estadual e deputado federal.

Por mais que o núcleo de campanha de Flávio Dino negue, como foi o caso do ex-deputado Marcelo Tavares (PSB) em recente entrevista ao jornalista Diego Emir (veja), o PPS da parlamentar vende dificuldades para obter facilidades.

O partido da evangélica teme “entrar em bola dividida”. Integrar uma coligação com partidos fortes e grandes, como são os casos dos já citados acima, é sinônimo de fiasco na eleição para Assembleia Legislativa e Câmara Federal, no entendimento da ainda pré-candidata.

Mas alguns recados já estão sendo enviados à Eliziane.

Um deles foi disparado por ninguém menos que o deputado Rogério Cafeteira, do DEM, líder do governo Flávio Dino na Alema.

“Partidos que apoiarão reeleição do governador Flávio Dino e fazem parte da chapa majoritária devem, também, contemplar a (o)chapa(ão) proporcional, já que os projetos político e de governo não podem ser “individualistas”, sob pena de se tornarem candidaturas de si mesmo(a)!!!”.

Projeto cria em São Luís vacinação domiciliar para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida

Continua tramitando na Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Luís projeto de lei, de autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), que institui o serviço de vacinação domiciliar para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Presidente da Comissão de Mobilidade Urbana da Casa, Penha, com a proposta, pretende alterar a lei municipal 5.970/15, que criou o programa de vacinação domiciliar de idosos na capital maranhense.

O objetivo, de acordo com ele, é ampliar o importante dispositivo e, desta maneira, beneficiar milhares de ludovicenses que, devido as suas limitações motoras, tem dificuldades de se deslocar até uma unidade de saúde, por exemplo.

“Acreditamos que a inclusão das pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida vai melhorar significativamente a qualidade de vida deste público, uma vez que são homens e mulheres que necessitam de cuidados de terceiros e estão mais vulneráveis às doenças”, justificou o parlamentar.

O projeto de lei deverá ser aprovado sem maiores dificuldades na Comissão de Saúde e, em seguida, será remetido para apreciação do plenário no segundo semestre.

Prefeitura promove passeio cultural no Centro Histórico com nova edição do “Conheça São Luís”

No mês de julho, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), está oferecendo diversos eventos gratuitos para quem visita o Centro Histórico da cidade.

Nesta quinta-feira (19), será realizada mais uma edição do projeto Conheça São Luís, voltado para o (re)descobrimento da história da capital do Maranhão.

A atividade faz parte do Programa Férias Culturais e a concentração para o passeio será realizada na Praça Benedito Leite, a partir das 16h.

A secretária municipal de turismo, Socorro Araújo, destaca que essa é uma iniciativa do prefeito Edivaldo para incentivar a educação patrimonial e revelar a riqueza cultural da cidade para os visitantes e moradores locais.

A atividade consiste em um passeio que segue para a Praça Dom Pedro II e espaços no entorno, que concentra prédios históricos como a Igreja da Sé, o Palácio de La Ravardière, o Palácio dos Leões e a Capitania dos Portos. O percurso continua pela Rua de Nazaré, Rua da Estrela, Rua Portugal, Beco Catarina Mina, Rua da Alfândega, sendo finalizando na Praça Nauro Machado.

Programação – As Férias Culturais ainda terá uma edição do Roteiro Reggae, no dia 25 de julho, às 19h, e outra edição do Conheça São Luís, no dia 26 de julho, às 16h. Todos têm a concentração na Praça Benedito Leite e seguem por diversas ruas do Centro Histórico da capital. Mais informações estão disponíveis no site de turismo oficial da Prefeitura, o www.turismosaoluis.com.

O turismo também conta com perfis nas redes sociais Facebook (Turismo São Luís), Instagram (@turismo.saoluis) e Twitter (@turismosaoluis). Os perfis ressaltam as belezas da Ilha para os visitantes do país inteiro.

Concita Pinto obtém reforma da Creche Maria de Jesus Carvalho

A vereadora de São Luís, Concita Pinto (PEN), segue na sua luta de melhorar a Creche Maria de Jesus Carvalho, situada na Camboa e que atende centenas de crianças.

A parlamentar esteve conversando com representantes da instituição e até mesmo da Prefeitura de São Luís, onde conseguiu uma excelente notícia para a comunidade.

“Estive novamente na Creche Escola Maria de Jesus Carvalho e conversei com o diretor Aquiles Berrêdo, sobre questões relacionadas ao trabalho de melhoria que será realizado no local. Também conversei com o secretário de Governo, Pablo Rebouças, que confirmou que as obras de melhoria na creche irão ser iniciadas na próxima semana”, afirmou.

Concita Pinto também confirmou que durante a reforma, para que as crianças não sejam prejudicadas, os alunos da creche irão ser transferidos para um outro local.

“Agradeço o comprometimento do secretário Municipal de Educação, Moacir Feitosa, que conseguirá transferir as crianças para a escola Paulo Freire, que será entregue nos próximos dias completamente recuperada, garantindo assim, que as atividades não sejam interrompidas, até a conclusão dos serviços da creche”, finalizou.

“Serei candidato e vamos ganhar a eleição”, afirma Alexandre Almeida sobre Senado

O deputado estadual Alexandre Almeida , em contato com o editor do Blog do Glaucio Ericeira, garantiu que sua pré-candidato ao Senado continua firme e forte e que o projeto será sacramentando no dia 04 de agosto, data na qual o seu partido, o PSDB, realizará convenção, em São Luís.

O parlamentar descartou qualquer possibilidade de desistência, assim como de mudar os planos e optar pela renovação do seu mandato na Assembleia Legislativa ou até mesmo aventurar-se na disputa pelo cargo de deputado federal.

“O PSDB tem deixado bem claro que se tem uma candidatura que está segura, essa candidatura é a minha. Possibilidade zero de desistir. Serei candidato e vamos ganhar a eleição”, disse.

Hoje, o presidente nacional do partido, Geraldo Alckmin, declarou apoio público a pré-candidatura do deputado federal José Reinaldo Tavares.

Zé Reinaldo e Almeida deverão ser os candidatos do tucanato maranhense.

Pré-candidato ao Senado, Márcio Jardim conclama militância petista

Temos que fazer política avaliando e respeitando o nosso passado. Mas, sobretudo, entendendo o presente e prospectando o futuro. Em disputas políticas sempre ficam algumas mágoas ou dissabores.

Isso é algo natural que precisa ser superado quando se trata de dirigentes políticos que precisam entender que o adversário e o inimigo não estão no partido, e sim do outro lado da rua torcendo para que nossas divergências passadas nos impeçam de estar unidos no presente.

O PT é maior do que qualquer um de nós. Enfrentar o golpe de 2016 é tarefa prioritária para que o país volte ao estado de direito, desmonte o conluio jurídico midiático que criminaliza a política, em especial o PT, e recupere o caminho introduzido por Lula na condução do país: equilíbrio fiscal, distribuição de renda e opção preferencial pelos mais pobres com políticas inclusivas e de resgate da cidadania daqueles que mais precisam.

Temos eleições presidenciais e é consenso entre nós a defesa da candidatura do nosso presidente Lula. Para o governo estadual a reeleição do governador Flávio Dino é um passo natural, e também não é algo que, penso, hoje nos divida tanto quanto em 2010 e 2014. Daí termos que ter a sensatez e a percepção para pensar qual a melhor estratégia do PT para ocupar espaços no Legislativo.

Teremos em outubro uma eleição decisiva para os rumos de nossa frágil democracia. Somente em 2026 acontecerão novas eleições com duas vagas ao Senado em disputa. E nunca a conjuntura foi tão favorável a que o PT do Maranhão possa eleger o primeiro senador de sua história. Uma candidatura que possa carregar todo nosso histórico de lutas, uma candidatura que possa – pelas suas características majoritárias – ajudar nossas candidaturas ao Legislativo e, sendo eleita, poder apontar um novo rumo de fortalecimento para o PT do Maranhão e para as lutas sociais em nosso estado.

Vejo algumas razões que nos impõe o compromisso histórico de aceitar este desafio: colocar o PT do Maranhão pela primeira vez no Senado.

1) Uma história de lutas que manteve nossa sigla organizada no Estado mesmo nos momentos mais difíceis e até dramáticos das últimas 4 décadas.

2) A necessidade de pensar nosso futuro enquanto sigla a partir de uma avaliação do nosso papel não apenas na reeleição do governador Flávio Dino mas na sua sucessão em 2022.

3) A importância de se ter um senador petista eleito para as disputas municipais – eleições de prefeitos e vereadores – em 2020.

4) Enfrentar o golpe e o golpismo a partir da trincheira petista. Nos roubaram a Presidência, mas não nos roubaram a capacidade de lutar e de manter a esperança. A candidatura do PT ao Senado é um contraponto aos golpistas e aqueles que se disfarçam mas apoiaram o golpe.

5) Numa conjuntura onde o eleitor vota duas vezes para o Senado, o PT tem chances reais de eleger um Senador. Os índices de aceitação da sigla comprovam e as pesquisas revelam isto. Precisamos apresentar um nome para atender a este desejo do eleitor de votar no PT em uma eleição majoritária.

Meu nome segue colocado para a apreciação dos companheiros e das companheiras. Assumo – além do total respeito à nossa história, as nossas regras internas e aos nossos documentos partidários – os seguintes compromissos:

1) Representar o Maranhão, como reza a Constituição, mas o fazê-lo sob a lógica daqueles que nunca foram aqui representados: os trabalhadores, as trabalhadoras e o povo pobre de nosso Estado.

2) Fazer um mandato coletivo e partidário. Respeitados os dispositivos constitucionais, fazer do mandato um instrumento de organização das lutas populares e de redenção econômica, política e social de nossos municípios.

3) Ser a voz do presidente Lula e defender seu legado no parlamento e nas ruas, lutando pela revogação de todas as medidas que suprimiram direitos impostas pelo governo ilegítimo de Michel Temer.

4) Atuar com ética, transparência e competência no Senado.

5) Aprofundar a discussão no sentido de viabilizar formas legais dos suplentes terem participação efetiva no exercício do mandato.

Quem sabe faz a hora e esta é a hora: saudações a quem tem coragem.

MÁRCIO BATALHA JARDIM, pré-candidato a senador pelo PT, foi secretário de Esporte e Lazer no governo Flavio Dino, é membro do Diretório Nacional do PT e professor da Rede Pública Estadual de Ensino.

Flávio Dino e Maura Jorge são multados por propaganda eleitoral antecipada

O governador Flávio Dino (PC do B) e a ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSL), foram multados em R$ 5 mil, cada, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) por praticarem ato de propaganda eleitoral antecipada.

Dino é pré-candidato a reeleição e terá a ex-prefeita como uma de suas oponentes na eleição de outubro.

A multa também foi aplicada ao ex-presidente do Procon/Viva, Duarte Júnior, e Samuel Campelo, pré-candidatos a deputado estadual e ao Senado, respectivamente.

Em todos os casos, as punições foram provocadas por representações formuladas pelo Ministério Público Eleitoral.

Segundo a denúncia, Duarte Júnior publicou na sua página pessoal e redes sociais vídeos e notícias sobre o evento de lançamento da sua pré-candidatura pelo PCdoB, no dia 28 de abril deste ano, no Rio Poty Hotel, em São Luís. O evento contou com a presença de Flávio Dino.

Segundo o MPE, no discurso do governador foi possível constatar manifestação nítida de propaganda eleitoral antecipada, com explícito pedido de voto para o ex-auxiliar.

Já Maura Jorge, segundo a representação, cometeu ilicitude por meio de outdoors localizados nas Avenidas dos Holandeses, Daniel de La Touche e São Marçal, locais de grande circulação na cidade, o que é vedado pela legislação eleitoral.

Foi constatado que as peças publicitárias apresentavam imagens da pré-candidata ao governo e Samuel Campelo ao lado do pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro, com os seguintes dizeres: “Todo apoio aos pré-candidatos”.

De acordo com o MPE, a ação constitui indisfarçável propaganda eleitoral extemporânea, tendo em vista o propósito de introduzir sua imagem, desde já, ao eleitorado, para captar votos previamente.

PTB decide apoiar Geraldo Alckmin; Pedro Fernandes garante que partido permanecerá com Dino

A executiva nacional do PTB decidiu, nesta quarta-feira (18), apoiar a pré-candidatura do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), ao Palácio do Planalto.

No documento aprovado (veja Aqui), e que será chancelado no próximo dia 28, durante convenção do partido, em Brasília, os membros da nacional afirmaram que a experiência no Legislativo e Executivo e as virtudes do tucano o “qualificam para realizar as reformas necessárias, para que o Brasil recupere sua confiança, aumente sua produtividade e, assim, retome o crescimento sustentável, com emprego e renda”.

O PTB é presidido pelo ex-deputado Roberto Jefferson, que já teceu inúmeras críticas públicas ao governador Flávio Dino (PC do B).

No Maranhão, é comandado pelo deputado federal Pedro Fernandes, aliado de primeira hora do comunista, e integra o conglomerado partidário que apoia sua reeleição.

Questionado pelo editor Blog do Glaucio Ericeira sobre a possibilidade do PTB tomar um novo rumo no estado devido à decisão da nacional, Fernandes sentenciou:

“Estamos com FD [Flávio Dino]. Martelo batido e prego de ponta virada”.

Vale lembrar que, em janeiro, Pedro Fernandes quase assumiu o Ministério do Trabalho por indicação da direção nacional do seu partido (reveja).

O presidente Michel Temer (MDB) recuou e decidiu não nomear o parlamentar maranhense (reveja).

Fernandes colocou na conta do ex-presidente José Sarney, aliado de Temer, o zignal sofrido.

“Infelizmente, não deu, devido ao embaraço que eu crio na relação do presidente Temer com o ex-presidente José Sarney. Tratou-se de veto dele [Sarney]”, afirmou à época.

Agora, é aguardar para constatar se, de fato, o PTB maranhense permanecerá com Dino ou criará nova plumagem.