Osmar Filho pede instalação de suportes para transportar bicicletas nos ônibus de São Luís

O vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), que a partir do ano que vem assume o comando da Casa para o biênio 2019-2020, solicitou à Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), a instalação de “bike racks” nos ônibus do transporte coletivo da capital.

O requerimento de nº 387/17, encaminhado ao executivo municipal, visa criar iniciativas que facilitem a locomoção de ciclistas na cidade, incentivando a realização de atividades físicas e evitando a circulação de bicicletas em locais onde não têm ciclovias.

O “bike rack” é instalado na parte dianteira dos ônibus e funciona da mesma maneira como os suportes utilizados em automóveis. O mecanismo para destravar o suporte para colocação e retirada da bicicleta é acionado pelo motorista do ônibus, e o procedimento não dura mais do que um minuto.

“Esse sistema é rápido e prático, além de ser muito útil. Por exemplo, quem embarca e desembarca nos terminais, circula pela região litorânea da cidade, pratica atividades físicas, curte o meio ambiente e não corre risco de atropelamento. Além disso, a instalação de bike racks em veículos do transporte público no município de São Luís, tem o objetivo de dar prosseguimento ao que já foi iniciado em linhas metropolitana, como o projeto piloto da Agência Estadual de Mobilidade Urbana – MOB”, destaca o parlamentar em sua justificativa.

O sistema já é usado em algumas cidades no mundo, como Paris, na França, e Houston e Los Angeles, nos Estados Unidos. No Brasil, apenas as cidades gaúchas de Santa Cruz do Sul e Bagé já realizaram operações com racks. Em outras cidades como Recife e Florianópolis, a câmara municipal já aprovou o projeto que prevê a instalação de bike racks em ônibus, mas o projeto ainda não foi iniciado.

Já em São Paulo, a SPTrans chegou a implantar bike racks de forma experimental em alguns ônibus da frota. Entretanto, o projeto foi descontinuado no mesmo ano e a empresa afirmou na época que não havia planos de retomá-lo.

Graça Paz será a vice na chapa de Roberto Rocha

A deputada estadual Graça Paz (PSDB) será a companheira de chapa do senador Roberto Rocha (PSDB) na disputa pelo governo do estado na eleição de outubro.

O pedido de registro de candidatura da parlamentar foi disponibilizado agora a pouco no DivulgaCand, sistema eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A formação de uma chapa puro sangue revela que Rocha não obteve êxito na empreitada de convencer a ex-prefeita Maura Jorge (PSL) a desistir da candidatura ao Palácio dos Leões para somar-se ao seu projeto de poder.

Maura foi convidada pelo senador para ser a sua vice.

Graça Paz é esposa do ex-deputado Clodomir Paz, um dos coordenadores da campanha de RR.

Ela já havia anunciado que não disputaria a reeleição para apoiar a candidatura do filho, Guilherme Paz, à Assembleia Legislativa.

Sem anunciar vice, Roberto Rocha registra candidatura e declara mais de R$ 2 milhões em bens

O senador Roberto Rocha (PSDB) registrou, nesta terça-feira (14), seu pedido de candidatura ao governo do estado pela coligação “Coragem e União para Fazer o Maranhão Melhor”.

Curiosamente, o parlamentar não incluiu no pedido, disponível no DivulgaCand, sistema eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o nome do seu companheiro de chapa.

Rocha tenta uma saída caseira para a situação. Trabalha com a possibilidade de ter um candidato a vice-governador oriundo do próprio PSDB.

Em outra ponta, ainda sonha com a desistência da ex-prefeita Maura Jorge, candidato ao governo pelo PSL, como forma de tê-la como companheira de chapa.

O prazo para que o pedido de registro de candidatura do vice de RR expira amanhã.

Mais rico – O senador ficou mais rico nos últimos quatro anos. É o que mostra sua declaração de bens registrada na Justiça Eleitoral.

Em 2012, quando foi eleito vice-prefeito de São Luís, Roberto afirmou possuir R$ 184.045,60 como patrimônio.

Dois anos depois, quando elegeu-se senador, declarou a quantia de R$ 152.252,30.

Agora, RR afirmou possuir a vultosa quantia de R$ 2.286.531,13

Leia também:

Roseana registra pedido de candidatura e declara mais de R$ 11 milhões em bens

Governando o Maranhão, Flávio Dino e Carlos Brandão ficaram mais pobres

Roseana registra pedido de candidatura e declara mais de R$ 11 milhões em bens

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) teve incluído hoje, no sistema eletrônico DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o seu pedido de candidatura para concorrer ao seu quinto mandato como autoridade máxima do Maranhão.

A emedebista registou um crescimento do seu patrimônio, segundo declaração de bens apresentada à Justiça Eleitoral.

Roseana afirmou possuir R$ 11.427,380,30 em bens, valor bem superior ao que foi informado na campanha de 2010, quando ela elegeu-se no primeiro turno. À época, a então governadora afirmou possuir R$ 7.838.530,34.

A evolução patrimonial de Roseana é ainda maior quando é feito um comparativo com o ano de 2006, quando ela perdeu o pleito para o pedetista Jackson Lago, já falecido.

Na ocasião, a filha do ex-presidente José Sarney, que já havia governado o Maranhão por dois mandatos, garantiu possuir apenas R$ 143. 238,38.

Vice milionário – O empresário Ribinha Cunha (PSC), candidato a vice-governador na chapa de Roseana, também apresentou uma prestação de contas bem aquinhoada, diferentemente de Carlos Brandão, atual vice-governador e que empobreceu, juntamente com o governador Flávio Dino (PC do B), nestes três anos e oito meses no comando do Palácio dos Leões.

Irmão do deputado estadual Leo Cunha (PSC), o empresário da região Tocantina afirmou possuir R$ 3.447.398,10.

Ribinha também ficou mais pobre se comparado ao ano de 2016, quando disputou o cargo de prefeito de Imperatriz.

Nesta campanha, ele apresentou uma declaração da ordem de R$ 4.594.138,62.

Senadores – O senador Edison Lobão (MDB) e o deputado federal Sarney Filho (PV), candidatos do grupo Sarney ao Senado, também tiveram evolução patrimonial.

Lobão afirmou possuir R$ 8.632.545,69 em bens. Em 2010, sua fortuna estava avaliada em R$ 5. 093.842,25.

Sarney Filho declarou R$ 6.163.599,06. Em 2014, seu patrimônio era de R$ 4.752.376,77.

Em 2010 e 2006, os valores divulgados foram menores – R$ 4.077.996,92 e R$ 4.102.728,39, respectivamente.

Roberto Rocha sai em defesa de juíza e questiona parecer de promotora de Justiça

Desafeto político do governador Flávio Dino (PC do B), o senador Roberto Rocha, candidato ao governo do Maranhão pelo PSDB, resolveu sair em defesa da juíza Anelise Nogueira Reginato, da 8ª Zonal Eleitoral do município de Coroatá, e questionou parecer da promotora de Justiça Aline Silva Albuquerque, titular da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Codó.

Anelise é autora de sentença, divulgada na semana passada, que imputou ao comunista inelegibilidade por um período de oito anos sob a acusação de que o mesmo utilizou de abuso de poder político e econômico na eleição municipal de 2016, em Coroatá.

Aline Silva, em seu parecer sobre o caso, julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral, interposta pela coligação da candidata derrotada Teresa Murad, que resultou na condenação do governador em primeiro grau.

Rocha encaminhou ontem à ministra Carmem Lúcia, presidente do Conselho Nacional de Justiça, ofício solicitando que Anelise tenha resguardada sua independência no caso e que também sejam apuradas pela Polícia Federal supostas notícias falsas (fake news) divulgadas contra a magistrada.

Já sobre a promotora, o candidato tucano enviou expediente à procuradora-geral da República e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, Raquel Dodge, pedindo providências no que diz respeito ao seu despacho ministerial.

Para o senador, Aline Silva, ao fundamentar seu entendimento contrário à sentença da juíza, pode ter burlado diretrizes previstas no artigo 43, da Lei Orgânica Nacional do MP.

No último fim de semana, o PC do B ingressou com uma representação no CNJ contra Anelise Reginato alegando que a magistrada agiu de maneira parcial no caso.

Ontem, os advogados de Dino protocolaram no Fórum Eleitoral de Coroatá embargos de declaração, através dos quais também questionam e tentam modificar a sentença da juíza.

Edivaldo beneficia bairro da Estiva com novas obras de asfaltamento

Contemplado com amplo trabalho de pavimentação asfáltica e melhorias da infraestrutura urbana local, o bairro Estiva, na zona rural de São Luís, recebeu, nesta segunda-feira (13), novos serviços de pavimentação de vias, ampliando as ações que estão sendo executadas pela gestão do prefeito Edivaldo por meio do programa Asfalto na Rua.

Os serviços, coordenados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), seguem beneficiando as ruas do bairro, muitas delas recebem asfalto pela primeira vez e outras estão sendo requalificadas. As ações do Asfalto na Rua impactam positivamente na mobilidade urbana e na qualidade de vida da população.

Os serviços de pavimentação asfáltica na Estiva chegaram à Rua do Meio, uma das vias mais importantes da localidade devido ao grande fluxo de veículos e pedestres na área. Também foi preparada para receber o asfalto a Rua de Cima, paralela à Rua do Rua do Meio e que dá acesso à BR-135.

As intervenções urbanísticas na Estiva prosseguem em ritmo acelerado para que, ao serem concluídas, a população possa desfrutar de um novo bairro, com muito mais infraestrutura, beleza e qualidade de vida aos seus moradores. Entre as vias do bairro contempladas com serviços de pavimentação asfáltica estão ainda as ruas do Mangueirão, da Ponte, da Praça União, do Barreiro, São Benedito, Rua Nova, São Pedro, Emiliano Macieira, Maria da Graça, do Bacuri I e II, Nossa Senhora da Conceição, da Cerâmica, Travessa São Pedro, entre outras.

Os moradores da Estiva enaltecem a iniciativa realizada pela Prefeitura de São Luís na área. A dona de casa Jaciara Pires, 28 anos, moradora da Rua do Meio, onde foram iniciados serviços de pavimentação , comenta positivamente sobre a chegada do asfalto à rua onde mora desde que nasceu. “Nunca imaginei que algum dia fosse colocado asfalto aqui. Ver os serviços sendo realizados em nossa rua era o sonho de todos nós, moradores, que vivemos aqui há décadas e nunca tínhamos sido lembrados antes. Agora é só felicidade”, relatou ela.

Eleições 2018: 72 municípios do MA terão apoio das Forças Federais

Municípios de quatro estados brasileiros contarão com o apoio de força federal para garantir o livre exercício do voto bem como a normalidade da apuração dos resultados das Eleições 2018.

A requisição das tropas para os estados do Piauí, Rio de Janeiro, Maranhão e Acre foi aprovada pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral na semana passada.

No pedido do TRE-MA feito ao TSE, foram relatados diversos casos de violência e tumultos decorrentes da disputa política citados pelos juízes das zonas eleitorais para justificar a necessidade das forças.

De acordo com o artigo 23, inciso XIV, do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), uma vez constatada a anormalidade da situação, é competência do TSE requisitar força federal com o objetivo de garantir a ordem na votação e apuração dos resultados.

Uma vez autorizados, os pedidos de força federal são encaminhados ao Ministério da Defesa, órgão responsável pelo planejamento e execução das ações.

Veja os municípios:

• Água Doce do Maranhão (12ª zona eleitoral)
• Alto Alegre do Pindaré (70ª zona eleitoral)
• Amapá do Maranhão (64ª zona eleitoral)
• Araguanã (96ª zona eleitoral)
• Araióses (12ª zona eleitoral)
• Axixá (31ª zona eleitoral)
• Belágua (73ª zona eleitoral)
• Benedito Leite (17ª zona eleitoral)
• Bequimão (111ª zona eleitoral)
• Boa Vista do Gurupi (100ª zona eleitoral)
• Bom Jesus das Selvas (95ª zona eleitoral)
• Buriti (25ª zona eleitoral)
• Buriti Bravo (44ª zona eleitoral)
• Buriticupu (95ª zona eleitoral)
• Cajapió (63ª zona eleitoral)
• Cândido Mendes (64ª zona eleitoral)
• Centro do Guilherme (101ª zona eleitoral)
• Centro Novo do Maranhão (100ª zona eleitoral)
• Chapadinha (42ª zona eleitoral)
• Colinas (29ª zona eleitoral)
• Coroatá (68ª zona eleitoral)
• Cururupu (14ª zona eleitoral)
• Esperantinópolis (61ª zona eleitoral)
• Fortuna (60ª zona eleitoral)
• Governador Luiz Rocha (60ª zona eleitoral)
• Governador Newton Bello (96ª zona eleitoral)
• Governador Nunes Freire (101ª zona eleitoral)
• Grajaú (15ª zona eleitoral)
• Humberto de Campos (32ª zona eleitoral)
• Icatu (31ª zona eleitoral)
• Itaipava do Grajaú (15ª zona eleitoral)
• Jatobá (29ª zona eleitoral)
• Junco do Maranhão (100ª zona eleitoral)
• Loreto (62ª zona eleitoral)
• Maracaçumé (100ª zona eleitoral)
• Maranhãozinho (101ª zona eleitoral)
• Mata Roma (42ª zona eleitoral)
• Matões do Norte (84ª zona eleitoral)
• Mirador (72ª zona eleitoral)
• Miranda do Norte (109ª zona eleitoral)
• Nova Iorque (17ª zona eleitoral)
• Nova Olinda do Maranhão (80ª zona eleitoral)
• Pastos Bons (17ª zona eleitoral)
• Pedro do Rosário (106ª zona eleitoral)
• Penalva (45ª zona eleitoral)
• Peri Mirim (111ª zona eleitoral)
• Peritoró (68ª zona eleitoral)
• Pinheiro (37ª e 106ª zona eleitoral)
• Pinheiro (37ª zona eleitoral)
• Pirapemas (68ª zona eleitoral)
• Presidente Sarney (106ª zona eleitoral)
• Primeira Cruz (32ª zona eleitoral)
• Santa Filomena do Maranhão (79ª zona eleitoral)
• Santa Luzia (70ª zona eleitoral)
• Santa Luzia do Paruá (80ª zona eleitoral)
• Santa Quitéria (24ª zona eleitoral)
• Santa Rita (18ª zona eleitoral)
• Santo Amaro (32ª zona eleitoral)
• São Benedito do Rio Preto (73ª zona eleitoral)
• São Domingos do Maranhão (60ª zona eleitoral)
• São Domingos do Azeitão (62ª zona eleitoral)
• São Félix de Balsas (62ª zona eleitoral)
• São João Batista (63ª zona eleitoral)
• São José de Ribamar (47ª zona eleitoral)
• São Luís (01, 02, 03, 10, 76 e 89ª zona eleitoral)
• São Mateus (84ª zona eleitoral)
• São Vicente Férrer (63ª zona eleitoral)
• Senador Alexandre Costa (06ª zona eleitoral)
• Sucupira do Norte (72ª zona eleitoral)
• Tuntum (79ª zona eleitoral)
• Turiaçu (39ª zona eleitoral)
• Urbano Santos (73ª zona eleitoral)
• Zé Doca (96ª zona eleitoral)

Sessões do TRE-MA começam a ser transmitidas ao vivo

Com o objetivo de dar publicidade e reforçar o compromisso com a transparência, o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, a partir desta segunda-feira (13), começa a transmitir ao vivo pelo Youtube suas sessões plenárias. (O acesso à pagina Aqui)

A autorização para que o serviço seja oferecido via Assessoria de Comunicação, que tem a responsabilidade de iniciar, pausar e encerrar as transmissões – foi dada pelo presidente da Corte, desembargador Ricardo Duailibe, que acredita na importância das redes sociais para o fortalecimento da credibilidade das instituições.

Para a transmissão, o Regional maranhense não teve que aplicar nenhum recurso financeiro adicional. A Ascom precisou apenas dedicar banda específica de internet à atividade, isto porque a transmissão será feita de forma fixa por meio de celular institucional que já era propriedade do órgão.

É bom lembrar que nas transmissões ao vivo não há a necessidade de fazer o download de nada, pois o vídeo já fica registrado ao mesmo tempo em que é assistido. Dessa forma, a comunicação entre o Tribunal e o público fica facilitada, ainda mais neste momento em que a Corte começará a julgar pedidos de registros de candidaturas referentes às eleições 2018.

Instagram – O TRE-MA possui também, desde agosto de 2016, o perfil @tremaranhao no Instagram, onde, diariamente, divulga informações relevantes aos cidadãos sobre as ações executadas pelo órgão.

Governando o Maranhão, Flávio Dino e Carlos Brandão ficaram mais pobres

O governador Flávio Dino (PC do B) e o vice-governador Carlos Brandão (PRB), ambos candidatos à reeleição, ficaram mais pobres desde que chegaram ao comando do Palácio dos Leões.

É o que revela as declarações de bens dos dois políticos encaminhadas ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) e que está disponível no DivulCand, sistema eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Dino declarou à Justiça Eleitoral possuir R$ 885.534,54 em bens. Em 2014, quando elegeu-se governador no primeiro turno, o comunista possuía patrimônio avaliado em R$ 933.605,93.

Em 2006, quando foi eleito deputado federal pelas mãos do então governador José Reinaldo Tavares, Flávio Dino, que havia deixado a magistratura federal, declarou possuir R$ 707.760,50.

Seu patrimônio evoluiu dois anos depois, quando disputou, sem sucesso, o cargo de prefeito de São Luís. À época, afirmou ter R$ 733.748,99 em bens.

Em 2010, na eleição para o governo do estado, pleito, este, vencido no primeiro turno por Roseana Sarney (MDB), Dino apresentou mais uma evolução patrimonial, declarando possuir R$ 868.807,96.

Carlos Brandão também apresentou perda patrimonial. No seu atual pedido de registro de candidatura não consta nenhum bem cadastrado.

Na eleição vitoriosa de 2014, Brandão declarou possuir R$276.426,57 em bens.

Em 2010, quando carimbou uma vaga de deputado federal, seu patrimônio era maior, avaliado em R$291.004,85.

Ex-chefe da Casa Civil no governo Zé Reinaldo, o atual vice-governador, em 2006, apresentou uma declaração ainda mais modesta na sua primeira tentativa de chegar à Câmara Federal.

Garantiu, à época, possuir apenas R$65.494,80.

Leia também:

Depois de oito anos como prefeito, Júnior Lourenço declara na Justiça Eleitoral que ficou mais pobre

Weverton conquista palanques distintos na região do Médio Mearim

A passagem por Lago da Pedra, neste sábado (11), rendeu ao pré-candidato Weverton (PDT) o apoio de dois grupos políticos distintos no município para seu projeto de alcançar uma vaga no Senado Federal nas eleições de outubro.

À tarde, o pedetista participou de um ato político organizado pelo grupo do prefeito Laércio Arruda (PSD). No final do dia, esteve em um jantar com o ex-vereador Pablo Sales (PDT); com a prefeita de Satubinha, Dulcinha (PV), e outras lideranças da região, que também declararam apoio à sua pré-candidatura ao Senado.

Após fazer um de seus conhecidos repentes, declarando seus candidatos, Laércio referiu-se a Weverton como um deputado atuante, que já tem demonstrado trabalho pelo estado e pelo município. “Lago da Pedra tem muito a ganhar com ele no Senado”, afirmou o prefeito da cidade.

Agradecido pelo apoio, Weverton reafirmou seu compromisso com a cidade, que já foi contemplada, em 2016, com uma patrulha agrícola adquirida via emenda parlamentar individual. “Lago da Pedra vai ter um representante para ajudar o município, não só enviando recursos, mas para lutar pela cidade, pela juventude e pelo nosso trabalhador”, garantiu.

O ex-vereador Sales revelou que tem grande admiração por Weverton e pelo trabalho que vem fazendo pelo Maranhão. “Tenho certeza que, como Senador da República, o Maranhão só tem a ganhar com esse grande parceiro, que trava uma luta diária pelo povo maranhense”, disse o líder político.

Mais cedo o pedetista esteve em Pedreiras, onde participou do lançamento da pré-candidatura do deputado federal Juscelino Filho (DEM) no município. “Juntamente com o deputado Juscelino, lançamos nossa pré-candidatura agrupando um número expressivo de prefeitos, lideranças e populares, que reconhecem nossos mandatos a serviço dos municípios”, pontuou Weverton.

Juscelino destacou o trabalho que o presidente do Diretório Estadual do PDT vem desenvolvendo na Câmara pelos municípios do Maranhão. “Não tenho dúvida de que Weverton será o nosso próximo senador e o mais votado no Médio Mearim e em todo estado”, ressaltou o deputado federal pelo DEM.