Engenheiro da Emap investigado pela PF faz doação de campanha para Flávio Dino

O engenheiro José Eugênio Mendonça de Araújo Cavalcante, diretor de Engenharia da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável pela administração do Porto do Itaqui, doou R$ 10 mil à campanha do governador Flávio Dino, que busca renovar o mandato.

A informação está disponível no DivulgaCand, sistema eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Até o momento, o comunista já arrecadou mais de R$ 5,6 milhões, sendo a maior fatia do bolo oriunda da direção nacional do seu partido, o PC do B.

Marido da promotora de Justiça Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça, que publicamente já saiu em defesa do governo Flávio Dino, José Eugênio foi alvo, ano passado, da Polícia Federal no bojo das investigações da Operação Draga, deflagrada com o objetivo de apurar possível fraude na licitação, execução e fiscalização de obra para drenagem de aprofundamento do Pier 100 e Pier 104 do Porto de Itaqui. A obra está orçada em mais de R$ 60 milhões.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa do engenheiro, que chegou a ser impedido pela Justiça, à época, de continuar frequentando o Porto do Itaqui.

José Eugênio foi nomeado para o cargo pelo próprio Flávio Dino em 2015, primeiro ano de sua gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *