Justiça Eleitoral determina que Wellington do Curso retire propaganda antecipada

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), atendendo representação interposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), determinou que o deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) retire de um veículo de sua propriedade, denominado de Gabinete Móvel, propaganda antecipada.

A van de propriedade do parlamentar é plotada com sua imagem, faz referência as suas redes sociais e ainda possui números de contato, via aplicativo de mensagem.

No entendimento da Justiça, ao continuar trafegando com o veículo, Wellington propaga sua candidatura à reeleição, burlando regras eleitorais que estabelecem proibição de propaganda neste período vedado.

Caso não cumpra o estabelecido, do Curso será obrigado a pagar multa diária no valor de R$ 5 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *