Eleições 2018: Possível recuo de Roseana prejudica projeto de toda oposição

A ex-governadora Roseana Sarney e o seu pai, o ex-presidente José Sarney, ambos do MDB, desembarcam hoje em São Luís.

Irão analisar, juntamente com aliados, resultado de pesquisa qualitativa, realizada pelo Instituto Escutec, para definir se, de fato, lançam, ou não, a ex-governadora como pré-candidata ao Palácio dos Leões.

Sarney já bateu o pé e determinou que Roseana entre na disputa com o objetivo de fazer com que o seu grupo permaneça vivo politicamente no estado.

Mesmo não vencendo, Roseana, na condição de candidata, na avaliação do ex-presidente, contribui, sobremaneira, para eleger pelo menos um senador do grupo – os pré-candidatos são Sarney Filho (PV) e Edison Lobão (MDB) – além de fazer uma bancada mínima de deputados estaduais e federais, cujos partidos estarão coligados e atrelados ao seu projeto majoritário.

Mas Roseana, como é de conhecimento público, não é lá muito de ouvir conselhos ou obedecer ordens expressas.

Se o fosse, não teria cometido o erro que cometeu em 2014, conforme o editor do blog já mostrou (reveja Aqui).

Além de enterrar seu grupo político, caso decida abdicar da disputa, a ex-governadora jogará uma pá de cal no projeto de outros pré-candidatos contrários ao governador Flávio Dino (PC do B), pré-candidato à reeleição e líder na preferência do eleitorado, segundo pesquisa de intenção de voto divulgada recentemente.

Roseana aparece em segundo lugar nos levantamentos publicizados este ano.

Em 2017, pesquisas feitas por empresas não atreladas ao grupo governista apontaram empate técnico ou diferença mínima entre ela e Dino.

É impossível imaginar que pré-candidatos como Roberto Rocha (PSDB), Maura Jorge (PSL), Ricardo Murad (PRP) e Eduardo Braide (PMN), juntos, consigam levar o pleito para o segundo turno.

A coalização oposicionista só obterá êxito com a presença de Roseana, isso é fato.

E caso ela não esteja lá, Flávio Dino agradece e pode encomendar o terno novo para governar o Maranhão por mais quatro anos.

Uma ideia sobre “Eleições 2018: Possível recuo de Roseana prejudica projeto de toda oposição

  1. Pingback: Roseana já está em São Luís e mira nas eleições - Blog do Gláucio Ericeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *