Para evitar embaraços com Sarney, Pedro Fernandes pede para sair da vice-liderança do governo Temer

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) anunciou, nesta terça-feira (09), o seu desinteresse em continuar exercendo o cargo de vice-líder do governo Michel Temer na Câmara Federal.

Em comunicado enviado ao líder do governo na Casa, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Fernandes justificou seu posicionamento afirmando que não quer causar embaraços entre Temer e o ex-presidente José Sarney (MDB).

A justificativa dada pelo parlamentar foi a mesma usada na semana passada quando o seu nome foi vetado pelo presidente para assumir o cargo de ministro do Trabalho e Emprego.

Na oportunidade, Pedro Fernandes avaliou que sua indicação, por parte da executiva nacional do PTB, causou mal estar entre Michel Temer e José Sarney e, por este motivo, o ex-presidente teria impedido a nomeação.

Sarney, na ocasião, negou tal fato.

A medida adotada por Pedro Fernandes o afasta, ainda mais, do núcleo de aliados do presidente da República e coloca em xeque sua permanência no comando do diretório petebista no Maranhão.

O deputado, mesmo tendo seguido todas as orientações do governo federal, mostra-se, a partir de agora, totalmente engajado no projeto de reeleição do governador Flávio Dino (PC do B), desafeto político da dupla Temer/Sarney e cuja gestão tem como participante o filho de Fernandes, Pedro Lucas Fernandes, vereador licenciado de São Luís e atual presidente da Agência Executiva Metropolitana, órgão com status de Secretaria.

Pedro Lucas substituirá o pai na disputa por uma das 18 vagas para a Câmara Federal.

Leia também:

Sarney sobre Pedro Fernandes: “Se, no passado, não vetei Flávio Dino para a Embratur, não faria isso para alguém que foi nosso amigo”

Michel Temer desiste de nomear Pedro Fernandes para Ministério do Trabalho

Uma ideia sobre “Para evitar embaraços com Sarney, Pedro Fernandes pede para sair da vice-liderança do governo Temer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *