“Você pode tentar me intimidar, mas votar em você nunca mais”, dispara prefeito contra Flávio Dino

O prefeito do município de São Pedro dos Crentes, Lahesio Rodrigues do Bonfim (PSDB), voltou a denunciar o que ele classificou de processo de perseguição e de intimidação por parte do governador Flávio Dino (PC do B).

Por meio de um vídeo postado nas suas redes sociais (veja no fim do texto), o tucano, além de criticar o comunista, também relatou que está sendo coagido pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA).

Lahesio Rodrigues afirmou que, desde que assumiu o governo, em 2015, Dino suspendeu todos os convênios que foram firmados pela gestão da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) com a prefeitura.

Alguns destes convênios são referentes a obras para construções de um estádio municipal; de uma escola municipal; de casas populares; além da recuperação de estradas vicinais.

“Além de nunca ter conveniado nada conosco, ele ainda cortou os convênios que já existiam”, disse o gestor.

Para piorar a situação, o que, segundo Rodrigues, se confira em um ato de perseguição, Secretarias Estaduais estão enviando à prefeitura documentos (intimações) solicitando informações justamente sobre os convênios que foram paralisados.

Lahesio Rodrigues disse que ficou surpreso com uma atitude do TCE que, de acordo com ele, encaminhou à prefeitura expediente (intimação) solicitando informações sobre gastos que o município teria com o setor da segurança pública, dentre eles pagamento de alimentação para policiais; pagamento de combustível para as viaturas; e pagamento do aluguel do prédio onde funciona a Delegacia.

“Eu nunca remunerei policiais. Eu alimento os policiais do Flávio Dino. Eu vou comprovar vinte anos de despesa do município com o pagamento de combustível [para viaturas]. Vou provar também que é a prefeitura quem paga o aluguel do prédio onde funciona a delegacia”, relatou.

“Você pode tentar me intimidar, viu governador. Mas me derrubar você não vai conseguir. Você pode tentar me intimidar, mas me destruir você não vai conseguir. Você pode tentar me intimidar, mas votar em você nunca mais eu vou votar”, completou.

O Tribunal de Contas do Estado, através de sua assessoria de comunicação, informou que não irá se pronunciar sobre o caso.

A Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos enviou a seguinte nota: “A Secretaria de Estado da Saúde (SES) assegura que o repasse referente aos hospitais de 20 leitos segue regular. A SES esclarece que o município de São Pedro dos Crentes realizou incorretamente o próprio cadastro do relatório de produção no Sistema de Informação do DATASUS, o que impediu o repasse de recursos. A Secretaria acrescenta que a Portaria nº 113/2015 estabelece requisitos de obrigatória observância para o recebimento de recursos pelos municípios, de conhecimento de todos os gestores maranhenses. Por fim, a SES comunica que os relatórios de produção do hospital de 20 leitos de São Pedro dos Crentes, referente aos meses de julho e agosto, foram apresentados na última semana, e, após os trâmites administrativos para análise dos documentos, o repasse será efetuado ao município. Por sua vez, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) informa que, por conta da indisponibilidade de detalhes, não tem como responder às questões levantadas no vídeo produzido pelo prefeito de São Pedro dos Crentes. Ele não especificou, por exemplo, quais são os convênios citados”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *